O desmatamento é uns dos fatores preocupantes dos problemas ambientais, além de causar prejuízos, causa a morte de muitos animais. A queimada é uns dos fatores que provoca o desmatamento e ainda contribui para o aumento do efeito estufa. E o Brasil é o país que mais sofre com esses problemas. A estiagem é um problema que causa as queimadas nas matas, devido o tempo seco, o calor acaba provocando o fogo, que se alastra rapidamente, causando os prejuízos. As queimadas podem ser provocadas por raios, numa área de vegetação seca.

As queimadas são causadas também pelo homem, com o descuido de jogar pontas de cigarros acesas em área seca.

Publicidade
Publicidade

A maioria das queimadas são causadas pelos agricultores, queimam grandes áreas para a extensão de seu terreno para a criação de gado, para a renovação da área de pastagens, ou plantação, numa determinada área seca e o fogo acaba se alastrando, e causando grandes incêndios nas florestas. Podem fazer as queimadas para o uso agropecuário, mas são as queimadas autorizadas e controladas.

Os balões são outro fator do incêndio. É proibido soltar balões, mas algumas pessoas desobedecem a lei, e soltam balões que são os grandes vilões do incêndio. Eles acabam caindo na mata, e geram grandes incêndios sem controle nos lugares de difícil acesso onde os bombeiros não comseguem apagar o fogo. As queimadas prejudicam muito o equilíbrio ambiental, e isso pode ser evitado fazendo apenas queimadas autorizadas.

Publicidade

Aqui no Brasil em algumas regiões já está fazendo muito calor, a falta de chuva é um grande problema, que está causando incêndio em várias regiões de mata seca. O fogo está se alastrando rapidamente e a extensão das queimadas são enormes, elas atingem grandes área de difícil acesso e cada vez mais rápido.

Outra preocupação dos brasileiros que moram em área de risco é a chegada do verão, que traz grandes quantidades de chuvas no final da tarde, provocando enchentes. No verão passado muitas pessoas perderam suas casas e suas famílias. Foi muito triste, espero que este ano seja diferente. #Natureza