Há diversas doenças causadas por vírus e bactérias que acometem cães de estimação e, muitas delas, podem ser evitadas com a vacinação regular e feita de maneira adequada. Porém, muitos donos vacinam o seu pet apenas quando ele é filhote e nas campanhas de vacinação da prefeitura. Será que isso é realmente suficiente? A resposta é NÃO! É necessário vacinar o cão contra várias doenças e todos os anos!

Que vacina é essa que eu preciso dar?

Para começar, é importante que você saiba que as campanhas anuais feitas pela prefeitura protegem o seu animal apenas de uma das doenças sem cura e que pode ser transmitida para as pessoas chamada de Raiva.

Publicidade
Publicidade

Porém, essa é uma das dezenas de doenças que seu pet pode ter. Por isso, é necessário que anualmente você leve o bichinho ao médico veterinário para exame e posterior vacinação com uma vacina chamada de V10 (pode ser a V8 ou V11, de acordo com a decisão do profissional).

Essa vacina protege seu cão de doenças como cinomose, parvovirose e leptospirose que podem até matar o seu animal de estimação.

Como funciona isso? Como sei que está na hora de vacinar? Qual o esquema de vacinação para cães?

Quando você adotar seu pet, ainda bebê, ele já precisa ser vacinado com a V10. A primeira dose, no geral, é aplicada aos 45 dias de vida, a segunda dose aos 60 dias de vida e a terceira aos 90 dias de vida. Somente 15 dias após essa terceira dose que o seu filhotinho estará realmente protegido e poderá passear com você.

Publicidade

Depois disso, entre o quarto e sexto mês de vida, ele tomará a primeira dose da vacina antirrábica. Ambas, tanto a V10, quanto a antirrábica devem ser reforçadas anualmente, ou seja, você terá que revacinar o pet todos os anos, de acordo com o que o médico veterinário indicou.

É válido ressaltar que o protocolo aqui descrito é o mais usual, mas não obrigatório. Quem vai estabelecer as datas corretas é o médico veterinário. Isso pode variar de acordo com a idade da primeira vacina, saúde do animal, condições no qual ele vive, entre outros.

Lembre-se de que o médico veterinário é o profissional especializado na saúde do seu animal de estimação. Por isso, só ele poderá examinar o seu pet e verificar se a vacina deve ser aplicada já ou não e determinar o esquema vacinação cães. Por isso, sempre vacine seu cão em uma clínica e não em qualquer loja, sem um exame prévio. Só assim a saúde dele estará garantida.

A vacina do seu bichinho está em dia? Conte pra gente nos comentários!