Um dos três ônibus de uma excursão de estudantes da cidade de Borborema, localizada no interior do estado de São Paulo, sofre um grave acidente na rodovia SP 304 em Ibitinga. Os estudantes saíram da cidade de Borborema com destino à cidade de São Paulo para visitarem a Sala São Paulo, conforme agenda educacional. No retorno de São Paulo ocorreu o acidente na rodovia SP 304 nas proximidades da cidade de Ibitinga, em um trecho em obras, faltando apenas 30 km para chegar até Borborema-SP. O acidente foi causado devido a uma colisão com uma carreta (caminhão), por volta das 23h desta segunda-feira, dia 27.

A colisão foi tão forte que arrancou toda a lateral direita do ônibus, e vários estudantes foram arremessados para fora do veículo.

Publicidade
Publicidade

O acidente resultou em 11 vítimas fatais, que foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal do município de Araraquara - SP e serão velados em uma cerimônia coletiva na cidade de Borborema até o final desta terça-feira. Constam até o momento 30 feridos, sendo 16 destes hospitalizados em estado grave. Na manhã de hoje, os bombeiros localizaram a 11º vítima nos destroços da carreta com o corpo carbonizado. A carreta estava carregada com óleo vegetal e o motorista da mesma sofreu apenas ferimentos leves. O motorista do ônibus ficou gravemente ferido.

A Secretaria de Educação de Borborema confirmou a morte de alguns professores da escola estadual Dom Gastão Liberal Pinto, os nomes dos estudantes ainda não foram divulgados pelo Instituto de Criminalística de Araraquara. Em virtude da tragédia, a prefeitura de Borborema decretou três dias de luto.

Publicidade

A cada ano, milhares de pessoas perdem a vida nas estradas do Brasil. Entre as principais causas estão excesso de velocidade, imprudência, ultrapassagem em local proibido e a combinação bebida e volante. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) 21% dos acidentes de trânsito que ocorrem no Brasil estão ligados ao uso de álcool. O levantamento foi realizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde) com base em dados de 71 hospitais espalhados pelo país.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), 42 mil pessoas morrem no trânsito ao ano. Em São Paulo, SP, o número de mortos em 2012 foi de 1.231, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Portanto, é necessária a conscientização, treinamento e ações positivas para diminuir estes números alarmantes de acidentes em rodovias e estradas do nosso país.