O uso excessivo de agrotóxicos em verduras, legumes e frutas é feito com a explicação de que servem como proteção contra pragas, além de agilizar a produção agrícola. Mas, para os humanos, o agrotóxico nada mais é do que veneno. Doenças como câncer podem estar relacionadas ao consumo excessivo de agrotóxicos, pois o nosso corpo não consegue metabolizá-los em tão alta quantidade e eles acabam indo para o sangue.



O nosso fígado consegue identificar toxinas e transformá-las em não tóxicas. Mas isso depende da quantidade. Quando o fígado fica sobrecarregado, ele não consegue metabolizar e as toxinas entram nas células, aumentando as chances de câncer.



Mas verduras, legumes e frutas são essenciais para uma vida saudável. Então como podemos nos proteger dos agrotóxicos? Além de consumir produtos orgânicos - que têm a desvantagem de serem mais caros -, você pode eliminar grande parte dos agrotóxicos por meio da higienização.



Confira abaixo algumas dicas sobre como eliminar (o máximo possível) agrotóxicos de frutas e verduras.



Pimentão e morango: São, respectivamente, os produtos que mais recebem agrotóxicos. As toxinas penetram na polpa dos alimentos - e essa parte é impossível eliminar -, mas é possível diminuir a quantidade lavando pimentões e morangos em 1 litro de água e 1 colher de bicarbonato de sódio, deixando descansar por meia hora. Em seguida, basta lavar o pimentão e o morango e consumir. O bicarbonato de sódio é responsável por eliminar boa parte dos agrotóxicos da casca.



Manga, maçã, mamão e pepino: Já sabemos que uma parte dos agrotóxicos estão na casca e algumas frutas são consumidas sem casca. No caso da maçã, entretanto, a casca contém suas fibras e é recomendado que elas também sejam consumidas. Esses alimentos podem ser deixados na mesma solução de bicarbonato de sódio ou lavados em água corrente com uma escovinha e detergente neutro.



Cebola, couve, alface e repolho: Para se livrar de boa parte dos agrotóxicos desses alimentos, o recomendado é tirar uma ou duas camadas de folhas ou da cebola. Em seguida, basta lavar em água corrente por até três minutos e deixar descansar na solução de bicarbonato de sódio. Lave novamente para retirar o bicarbonato e consuma. Essa prática elimina quase todo o agrotóxico desses alimentos.



Laranja e abacaxi: Em geral, os agrotóxicos dessas frutas estão presentes na casca. Como as pessoas retiram as cascas para ingerir laranja e abacaxi, não é necessário fazer nenhum procedimento.

Batata: Ao contrário da maioria das frutas e verduras, os agrotóxicos da batata se encontram na polpa. Ou seja, não há nada que possa ser feito. Se houver agrotóxico na casca, ele é tirado naturalmente após descascar.

Beterraba e cenoura: Grande parte dos agrotóxicos deles se encontram na casca. Para eliminar a maioria, basta lavar em água corrente com uma esponja. O bicarbonato de sódio também pode ser usado.



Tomate: A dica para ingerir tomates com menos agrotóxicos é optar pelos mais maduros. Os tomates que ainda não estão muito maduros são colhidos para a venda e contém maior quantidade de agrotóxicos. Fora isso, maior parte da substância é encontrada na polpa. Mas você pode usar a solução de bicarbonato de sódio ou retirar a casca para diminuir a quantidade. #Natureza #Culinária



Como você pode perceber, o bicarbonato de sódio é a principal ferramenta de combate aos agrotóxicos. Mas ele não deve ser ingerido, por isso não esqueça de sempre lavar novamente as frutas e verduras em água corrente após deixá-los de molho na solução de bicarbonato e água!