Um idoso de 70 anos, morador da Paraíba, comprou dez Iphones 6 em uma promoção de um site de classificados online (OLX) e recebeu via Correios, uma caixa grande com um coco verde e um refrigerante de 1,5 litros.

Para efetivar a compra, o senhor depositou R$ 8 mil e parcelou os R$ 10 mil restantes. A compra foi feita no dia 16 de outubro e a entrega foi feita quatro dias depois. O remetente forneceu um endereço falso de Campos dos Goytacazes, RJ. A negociação foi feita através de mensagens de celular, mas ao tentar entrar em contato com o vendedor após receber o coco, a vítima constatou que havia sido bloqueado no aplicativo no qual trocou mensagens com o suposto vendedor.

Publicidade
Publicidade

O idoso é mais uma vítima de golpes na Internet. Ele informou que a promoção foi encontrada pelo neto de 17 anos, que o incentivou a fazer a compra devido ao baixo preço e à rentabilidade do negócio (já que o Iphone que é vendido pelo preço médio de R$ 3 mil, estava sendo vendido por R$ 1,8 mil cada).

Hoje, a vítima prestou depoimento à Delegacia das Defraudações de João Pessoa. Segundo o depoimento, o neto foi o responsável por toda a negociação.

Como a conta bancária do vendedor é do estado do Rio, Lucas Sá, delegado responsável pelo caso, enviará uma cópia do processo para a Polinter do Rio de Janeiro para que a Polícia Civil investigue. O processo criminal vai transcorrer no Rio e o processo civil na Paraíba, estado onde a vítima reside.

A OLX informou que vai colaborar com o que for necessário para que o caso seja solucionado.

Publicidade

Atualmente as compras em lojas online são frequentes e confiáveis. O preço praticado nas lojas virtuais é um dos benefícios da compra online.

Dicas para uma compra segura

  • Compre sempre em lojas conhecidas e estabelecidas no mercado.

  • Desconfie de preços muito abaixo da média.

  • Verifique se ao fazer login em uma loja, o cadeado aparece em frente ao endereço da página (Certificado de Segurança).

  • A maioria das lojas oferece diversas formas de pagamento. As mais frequentes são cartões de débito, crédito e boleto bancário. Tenha cuidado com lojas que solicitam depósito antecipado como condição para entrega do produto.

  • Verifique a reputação da loja em sites como o Reclame Aqui. Através das reclamações feitas pelos consumidores é possível avaliar, por exemplo, se a loja faz as entregas no prazo e responde às reclamações dos clientes.

  • Confira no site do Procon SP se a loja em que você deseja fazer a compra está na lista dos sites que devem ser evitados.