A mineira Chames Salles Rolim é um exemplo para todos, principalmente para a geração atual. Aos 97 anos, concluiu a faculdade de Direito e agora diz, com muito orgulho: sou uma bacharelanda em Direito.

Chames foi casada e teve dez filhos, nasceu em Santa Maria de Itabira (MG), casou-se na sua própria cidade. O nome de Chames foi escolhido pelo seu pai, que dizia que seu nome significa sol perfeito.

O marido de Chames era muito ciumento, quando ela decidiu fazer sua primeira faculdade de filosofia ele disse para os filhos que a mãe iria abandoná-lo. Com essas palavras tirou o sonho de Chames de concluir um curso universitário.

Publicidade
Publicidade

Mas Chames não ficou chateada, seguiu em frente com sua vida.

Para dar conta dos dez filhos, o marido de Chames abriu uma farmácia, onde ela trabalhou por cinquenta anos. Ela e o marido trabalhavam muito atrás do balcão da farmácia, mas Chames nunca esqueceu o seu sonho de concluir uma faculdade.

Aos 63 anos de idade, o marido de Chames morreu. Para respeitar a memória dele, ela adiou o sonho de ir à faculdade. Mas um de seus filhos disse: mãe, nunca é tarde para realizar um sonho, mas tem de ser agora, o tempo não espera. Com essas fortes palavras de seu filho, Chames fez vestibular aos 92 anos, e disse que ficou muito nervosa com a prova, foi parar na UTI por nervosismo, em casa teve um princípio de derrame. Mas logo, tudo ficou bem.

Chames passou no vestibular e começou a estudar, disse que no primeiro dia de aula todos os alunos ficaram assustados com a sua atitude e idade.

Publicidade

Ela disse que teve muitas dificuldades, mas não desistiu.

Chames se formou em agosto de 2014 em bacharelado de Direito e agora diz que vai fazer a prova da OAB ( Ordem dos Advogados do Brasil).

Chames, ao 97 anos, é feliz, faz hidroginástica, adora água de coco e uísque. Publicou três livros e o quarto está pronto. Ela é um exemplo para todos, é uma heroína para quem quer vencer. Chames tem fé e quer ver o nascimento do seu trineto. Que exemplo de vida essa mulher nos passa! #Educação