A Pont des Arts, na apaixonante cidade de Paris, ficou famosa por atrair casais que, ao pendurarem um cadeado na grade da ponte, selavam sua união para sempre. O ritual que começou em 2008 teve, porém, um fim que podemos chamar de trágico: a grade teve que ser removida, pois o peso dos cadeados do amor estava abalando a estrutura da ponte. A prefeitura da cidade resolveu então adotar uma medida para acabar de vez com o problema e começou a instalar painéis de vidro no lugar das antigas grades de ferro.

Quem não teve a chance de fazer as juras de amor em solo parisiense não deve se preocupar. Em solo nacional já existe uma ponte semelhante à da capital francesa.

Publicidade
Publicidade

No Rio de Janeiro começaram a aparecer cadeados, que são o símbolo do amor, na pequena ponte que corta o Jardim de Alah, na Lagoa, Zona Sul da cidade.

Historiadores contam que a tradição teve início na cidade de Pécs, na Hungria, na década de 1980. Segundo a superstição, o casal deve colocar o cadeado e jogar a chave fora selando um compromisso e tendo a "tranquilidade" de que a união vai durar para todo o sempre. A lenda diz que a única forma de quebrar o pacto de amor seria encontrando a chave e destrancando o cadeado.

A romântica tradição dos cadeados do amor não está só em Paris ou no Rio de Janeiro. Várias cidades da Europa também possuem lugares onde os apaixonados de plantão podem expressar todo o seu amor. Na Rússia, por exemplo, existem árvores de ferro destinadas somente para a colocação de cadeados.

Publicidade

Mas se for visitar Veneza ou Berlim fique atento, pois esta prática é estritamente proibida e pode até gerar multas para quem for pego em flagrante colocando cadeados.

Aqui no Rio de Janeiro a moda já está pegando, pois a cada dia que passa a ponte no canal do Jardim de Alah fica cada vez mais cheia com os símbolos de amor.

Em Paris, a proposta da prefeitura agora é substituir os cadeados por selfies com a hashtag "lovewithoutlocks" (amor sem cadeados), já que por lá a Pont des Arts não aguentou o peso de tanta paixão.