Quem nunca se sentiu entediado de ter que ir todos os dias para o mesmo local de #Trabalho e continuar com a rotina? Greg Caplan se sentia assim e, quando tinha apenas 25 anos, resolveu que ia mudar de vida. Pediu demissão do seu emprego e foi em busca de trabalhos remotos. Porém, se sentiu sozinho. "Eu era capaz de encontrar trabalho remoto, mas é difícil encontrar amigos para viajar", contou o aventureiro.

Por isso, ele resolveu criar o"Remote Year" que oferece oportunidade para 100 trabalhadores remotos viajarem juntos para 18 locais diferentes ao longo de um ano. Os selecionados terão tudo pronto. Desde o itinerário, hospedagem, até às atividades.

Publicidade
Publicidade

Caso o participante tenha um trabalho que permita ser realizado à distância, ele pode continuar a fazer o que ele já está habituado. Se não tiver, um trabalho que permita ser remoto, os selecionados terão ajuda para encontrar um novo emprego em cada canto que forem. O site já conta com 15 empresas interessadas em ajudar a dar essa oportunidade.

Viaje pelo mundo enquanto você trabalha!

Várias empresas hoje se mantêm graças ao trabalho realizado à distância por alguém que elas nem conhecem. Isso é muito comum na área de programação, redação, entre outros. É por isso que é possível viajar pelo mundo trabalhando à distância, aproveitando culturas e passeando muito. O "Remote Year" vai ajudar você a encontrar esse tipo de trabalho que se adeque às suas habilidades. Para pagar os gastos com a viagem e a estadia, parte do salário obtido através do trabalho remoto será administrada pelo o "Remote Year" para que a programação possa se concretizar.

Publicidade

Como participar dessa aventura?

Caso você tenha interesse em participar, entre no site "Remote Year" e preencha a ficha de cadastro. Por enquanto o site não oferece muitas informações, como por exemplo, os 18 países nos quais as pessoas irão se aventurar. Isso será divulgado depois que os 100 candidatos forem escolhidos.

A ideia é ter um grupo diversificado, com pessoas das mais diversas áreas e qualificações, vindas de países diferentes. Essa é a primeira equipe que será formada. Até agora é só Caplan e sua grande ideia, mas o seu objetivo é ter cinco funcionários, em tempo integral, dedicados à logística de cuidar das 100 pessoas e garantir a cada pitstop um espaço de trabalho adequado.

A viagem inaugural está programada para 1 de junho de 2015. Se quiser se aventurar inscreve-se no "Remote Year" e boa sorte na seleção! #Turismo