O Dia da Consciência Negra no Brasil foi incluso no calendário nacional desde o ano de 2003, mas somente em 2011, através da lei nº12.519 foi oficializado o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. A consciência negra é comemorada nesse dia por conta data da morte de Zumbi dos Palmares, último líder do maior dos quilombos do período colonial, em 1695. Nem todas as cidades brasileiras (apesar da introdução, através de lei, no nosso calendário) sancionaram feriado nesse dia. Algumas cidades, por leis municipais, não decretaram feriado, o que nos coloca ainda muito distante do que representa esse dia. O Dia da Consciência Negra visa lembrar os horrores sofridos pelo povo negro no passado e trazer aos novos negros o conhecimento do que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

Toda criança, negra ou não, deve saber a história de seu povo, suas origens e de seus contemporâneos. Ser negro não é uma questão de pigmentação, mas o reflexo de uma atitude mental, disse Bantu Steve Biko, em uma definição do que é consciência negra em 1971.

Não só o dia, mas todo o mês de novembro é marcado por comemorações artísticas e culturais em todo o país. Várias são as organizações, ONGs e instituições que se preparam para mostras culturais, lançamentos de livros sobre a cultura negra, reuniões e workshops para conscientização em todo o Brasil.

  • O museu da Imagem e do Som terá uma apresentação de samba com o Grupo Prato Principal;
  • O Sesc Pompéia tem o projeto Na Raiz, comemorando o Mês da Consciência Negra e workshops e samba de roda com os grupos Kolombolo e Partido na Cozinha;
  • A São Paulo Turismo prevê o comparecimento de aproximadamente 15 mil pessoas em um de seus eventos, que no Vale do Anhangabaú contará com as presenças de artistas como Inner Circle, Keziah Jones, DJ Hum, Lady Zu e Paulinho da Viola. Uma feira de artesanato temática também fará parte desta festa com o tema da igualdade racial. Este evento em especial terá início às 11:00 e terminará à meia-noite

O Dia da Consciência Negra deve ser marcado por muito respeito de toda a população em face aos acontecimentos e vida dos negros, assim como pela tomada de auto-respeito do negro para consigo mesmo.

Publicidade

Ter consciência é: tomar conhecimento do que aconteceu, aceitar as mudanças que a vida nos dá e reconhecer quem somos - gente igual aos outros. #Negócios