Começaram na segunda-feira (24), as audiências para conciliações e acordos de ações judiciais. A campanha, que visa desafogar processos na #Justiça, segue até sexta-feira 28/11, com atendimento das 13h às 15h, no Parque da Água Branca. Com o tema Conciliar: bom para todos, melhor para você, a campanha já está na sua 9ª edição - é coordenada e organizada pelo Conselho Nacional de Justiça em parceria com os tribunais do país. Nessa semana, os processos com possibilidades de negociação são selecionados pelos tribunais e os envolvidos são convidados para buscarem juntos um denominador comum. Afinal, conciliar seja em que esfera da vida for, sempre traz paz e benefícios para as pessoas.

Publicidade
Publicidade

O Conselho Nacional de Justiça estima que sejam realizadas três mil e quinhentas audiências, só na cidade de São Paulo. Se você tem um processo judicial Federal, Estadual ou Trabalhista e deseja participar do mutirão, vá até o tribunal onde a ação está tramitando e comunique a intenção de acordo. Então será agendada uma audiência, em que as duas partes irão conversar diante de um conciliador, se explicar e chegar à solução que melhor se adequar aos interessados, formalizando então o acordo. No entanto, podem participar também casos pré-processuais ou informais, ou seja os conflitos que ainda não chegaram ao Poder Judiciário. Casos como: pendências financeiras em bancos, separação não oficializada, acordo para pensão alimentícia, problemas com vizinhos, desapropriação, inventário e até a oficialização de união marital.

Publicidade

Nesses casos, os envolvidos podem ir diretamente ao local de atendimento, munidos de toda a documentação referente ao caso a ser tratado.

As audiências são rápidas, pois tudo é resolvido numa única sessão. Não é necessária a presença de advogado; é pacífica pois partiu dos envolvidos, não há a presença de juiz como mediador e o que for acordado ou negociado terá valor judicial. Também não há despesas com documentos, ou idas e idas ao fórum, não há tensões emocionais, e o melhor de tudo é que todo o serviço é gratuito. Se você tem alguma situação que precisa ser resolvida, e ainda não o fez por falta de tempo ou por causa das mais variadas burocracias, agora é o momento. Não deixe passar essa oportunidade de terminar o ano mais leve, pois situações não resolvidas pesam bastante sobre os ombros. Em São Paulo, o mutirão está sendo realizado na Avenida Professor Francisco Matarazzo, 455, Parque da Água Branca.