De fato é Black Friday! Morreu nesta sexta-feira, dia 28, o grande ator mexicano, Roberto Bolaños, intérprete do nosso querido Chaves e também do nosso querido Chapolin Colorado, super herói atrapalhado. Que pena! Mas fez sua história. Permanecerão vivos, eternamente, no coração de crianças e adultos, alguns personagens simplesmente puros. Diferente de qualquer programa de humor e que transcende gerações.

É incrível o bem que ele faz e inacreditável o alcance de séries e personagens tão ingênuos, sem qualquer apelo econômico ou sexual, perdurar por décadas sem perder seu prestígio, sem perder a sua magia. O personagem mais famoso é Chaves e seu intérprete Roberto Gomez Bolaños.

Publicidade
Publicidade

Criado na década de 70, no Brasil foi exibido pela primeira vez, na rede SBT, em 1984 e até hoje possui grande audiência, conquistando as crianças dessa geração.

Bolaños era um talentoso ator, diretor, escritor, cartunista, compositor e produtor. O seu envolvimento com a Dona Florinda, mantido discretamente por 27 anos, culminou em um casamento ocorrido no dia 19 de novembro de 2004. Possuía seis filhos do primeiro casamento. Ele estava internado desde o dia 2 de maio de 2014 e faleceu aos 85 anos, no México.

Deixará inúmeras lembranças

Roberto Bolaños já estava com a saúde frágil, tentando uma recuperação de seus problemas respiratórios. Frases como "não contavam com a minha astúcia" se aplica também frente à luta que enfrentou, e está gravada nas cabeças de quem acompanhava as inúmeras frases do Chapolin.

Publicidade

São décadas de humor, mantendo o brilho permanente. Crianças de várias gerações ainda assistem a seus programas e se identificam com o Chaves, com doses de humor e criatividade. Muitos dos seus episódios, com o personagem Chaves, são baseados em sua vida de criança pobre que não teve os brinquedos que gostaria.

Chespirito, como era conhecido em seu País, conseguiu dar vida a alguns personagens da #Televisão e, como ele acertou! Com a dose certa de criatividade e humor, conseguiu produzir obras originais que até hoje não foram passíveis de cópia. O mundo perde um grande artista que registrou sua marca no setor das artes cênicas. Missão cumprida. Descanse em Paz. #Famosos