Tragédia Mundial

A tragédia ocorrida no início de 2013, na qual centenas de jovens morreram asfixiados, tornou a cidade de Santa Maria, no centro do estado do Rio Grande do Sul, no extremo sul do Brasil, tristemente famosa.

Em janeiro de 2013, um conjunto musical se apresentava na discoteca Kiss, quando, para causar efeitos especiais, foi disparado um sinalizador que, atingindo a forração superior do local, produziu forte fumaça tóxica, que causou a morte de 242 jovens que ali dançavam, confinados em um local despreparado para uma evacuação rápida do público, produzindo a terceira maior tragédia em casas noturnas no mundo.

Publicidade
Publicidade

Brasil - Santa Maria - Boate Kiss - Tragédia, ficaram indissociáveis nas notícias do drama que correu o mundo. Infelizmente, por esse motivo, Santa Maria pode hoje ser recordada e localizada facilmente no mapa.

Berço dos Dinossauros

Mas, afora esse registro triste, um elemento de grande magnitude tem como referência Santa Maria: aquela região é tida atualmente como o Berço dos Dinossauros.

São tantos os achados a cada ano que a certeza científica se reforça ainda mais. Não há em outro lugar do mundo uma freqüência de achados paleontológicos de dinossauros e outras espécies afins que tenha tanta expressão. Em 30 de janeiro de 2014, um ano após a tragédia, Santa Maria volta ao noticiário mundial. Foi achado um fêmur de dinossauro que ali viveu há 230 milhões de anos. Trata-se de um Terápode, que está entre os primeiros dinossauros que viveram na Terra, precursor dos dinossauros maiores.

Publicidade

No mundo, este é apenas o 15º Terápode carnívoro encontrado em escavações, um importantíssimo achado para a Ciência.

Floresta petrificada

Cumpre registrar que, na mesma região, na cidade de Mata, outro fenômeno relacionado à pré-história ocorre abundantemente: a Floresta de Árvores Petrificadas.

A poucos quilômetros de Santa Maria, nas regiões da Mata, São Pedro do Sul e até no Chiniquá, afloram de soterramento árvores petrificadas de forma inimaginável. Tanta abundância permitiu serem os troncos espalhados pelas calçadas da cidade de Mata como enfeite dos passeios. Podem também ser vistas em um sítio protegido, em estado de afloramento, um pouco de fora, um pouco enterradas. Ou ainda, na frente de uma igreja da cidade, onde há um tronco petrificado de uns quinze metros, colocado deitado em direção à porta central, em frente ao templo.

Dinossauros, árvores petrificadas, cavernas

A região de Santa Maria é realmente privilegiada pelo passado. A pouco mais de cem quilômetros, em Nova Esperança do Sul, encontra-se a maior caverna subterrânea da América Latina.

Publicidade

Trata-se de um local onde houve um desabamento do solo, formando uma caverna com duas enormes claraboias de mais de 15m de altura e um lago, alimentado por veios d'água e pela chuva. Confinada num biossistema totalmente isolado, lembra a "Viagem ao Centro da Terra", da obra de Rick Wakeman, com vegetação e fauna resultantes da queda de sementes, arbustos, animais e a presença de pássaros que ali tiveram acesso pelo "teto solar" da imensa caverna, por onde penetra abundantemente o sol, que mantém viva a vegetação. O acesso a ela só foi possível quando os indígenas que habitavam a região perfuraram as paredes de rocha que circundam a caverna e por ali penetravam.

De agora em diante, quando o leitor ouvir falar em Santa Maria, é possível que, ao invés de associá-la à tragédia recente, venha à sua mente essa maravilhosa combinação de natureza e cenários do passado remoto, cheios de dinossauros, de árvores petrificadas e uma gruta maravilhosa.