Mike Nichols, cineasta nascido na Alemanha, mas que fez sucesso nos Estados Unidos, faleceu ontem (19) aos 83 anos após sofrer ataque cardíaco. A notícia sobre o diretor, conhecido por obras elogiadas como "A primeira noite de um homem" (1967) e "Closer: Perto demais" (2004), foi divulgada apenas esta quinta-feira (20). Sua morte foi anunciada em nota pelo presidente da ABC News, James Goldston. A exclusividade da emissora se deu provavelmente por ele ser casado com a apresentadora da ABC News, Diane Sawyer.

Nichols era um diretor celebrado em todo o mundo. Ganhou o Oscar de melhor diretor por seu filme "A primeira noite de um homem", estrelado por Dustin Hoffman e Anne Bancroft, mas também prêmios como produtor, roteirista e até humorista.

Publicidade
Publicidade

Ele é um dos poucos artistas que ganhou, durante sua carreira, prêmios do Tony, Emmy, Grammy e Oscar, eventos que abrangem os mundos do teatro, TV, música e, claro, #Cinema nos Estados Unidos. O conjunto dessas premiações é chamada de EGOT (inicial de cada evento) e apenas 12 pessoas fazem parte desse "grupo".

Além do Oscar por "A primeira noite de um homem", Nichols também recebeu indicações pelos filmes "Uma secretária do futuro" (1988), estrelado por Melanie Griffith e Harrison Ford, "Quem tem medo de Virginia Woolf?" (1966), estrelado por Elizabeth Taylor e "Silkwood - Um retrato de uma coragem" (1983), estrelado por Meryl Streep.

Mike Nichols era versátil não apenas em seu ramo de atuação, como nos próprios gêneros de seus filmes, que passeavam entre o drama, romance e comédia.

Publicidade

Sua carreira no cinema durou cinco décadas, com 19 filmes lançados. O seu último filme foi "Jogos de poder", estreado em 2007. Mas o filme teve recepção morna da crítica e público e não se destacou em seu elogiado currículo.

O seu penúltimo filme, "Closer: Perto Demais" (2004), ao contrário, foi sucesso entre público e crítica e tornou o diretor mais conhecido entre a nova geração. O filme é a adaptação de uma peça de mesmo nome e conta a história de dois casais e suas interseções. O filme recebeu indicações de melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro ao Globo de Ouro e o ator e atriz coadjuvantes, Clive Owen e Natalie Portman, ganharam os prêmios. Os dois também foram indicados ao Oscar, mas não venceram.

Mike Nichols nasceu na Alemanha em 1931, filho de judeus, e se mudou para os Estados Unidos já aos sete anos ao fugir dos nazistas com sua família. Durante a década de 50, cursou medicina na Universidade de Chicago, mas paralelamente se dedicou ao teatro e comédia, participando de grupos cômicos e dupla de humor.

Publicidade

Em seguida, Nichols começou a fazer sucesso como diretor na Broadway. Atualmente ele trabalhava na série da HBO "Master class" com Meryl Streep, atriz com quem trabalhou algumas vezes no cinema e na TV.

Mike Nicholas era casado, tinha três filhos e quatro netos.

4 filmes mais elogiados de Mike Nichols para assistir

* Vestígios do dia (1995)

* Quem tem medo de Virginia Woolf? (1966)

* Lembranças de Hollywood (1990)

* Ânsia de amar (1971) #Famosos