O primeiro julgamento de Eike Batista aconteceu na terça-feira, 18 de novembro, no período da tarde. O empresário está sendo denunciado pelo Ministério Público por manipulação de mercado e uso indevido de informação. O julgamento ocorreu na assistência do Tribunal do Júri da #Justiça Federal do Rio de Janeiro. O empresário chegou acompanhado de seus advogados e se demonstrava tranquilo.

Fernando Soares, especialista da Comissão de Valores Imobiliários, foi a primeira testemunha a depor. A segunda foi o economista José Aurélio, que afirmou que investiu ações na empresa de Batista. Aurélio é especializado em mercado de capitais e afirmou que denunciou o empresário para o Ministério Público Federal ao descobrir uma fraude que envolvia milhões.

Publicidade
Publicidade

O último depoimento foi do engenheiro Mauro Continho. Duas testemunhas foram dispensadas e foram ouvidas três. Os atestantes de defesa de Eike serão ouvidos dia 10 de dezembro, afirmou o juiz.

Quando estava saindo para sua audiência, o magnata trocou notícias com a ex-namorada pelo celular e ela retribuiu dizendo que daria tudo certo. Ele ordenou a retirada da imprensa do local. Eike tentou suspender uma ação, mas teve seu pedido de habeas corpus negado pelo desembargador. Um dos homens mais poderosos do Brasil estava no ranking para ser tornar um dos homens mais ricos do mundo, mas o bilionário vê seu império cair.

Eike Batista é um magnata brasileiro, filho de Eliezer (ex-ministro) e da empresária Jutta, nasceu em Governador Valadares. Ele fez um curso de Engenharia Metalúrgica numa das melhores universidade da Alemanha, mas não concluiu o curso.

Publicidade

No Brasil, se dedicou à negociação de ouro e diamantes e se tornou um dos homens mais ricos. Seus investimentos no mercado começaram a se expandir e ele fez fortunas.

O empresário é pai de Thor (seu filho mais velho). O rapaz tem uma boate na cidade Rio de Janeiro e é conhecido por infringir normas de trânsito. No ano de 2012, o rapaz atropelou e matou o caminhoneiro Wanderson, com sua Ferrari. O homem morreu na hora e ele foi indiciado por homicídio e teve sua habilitação apreendida. Thor está prestando serviços comunitários e pagou uma grande quantidade de dinheiro para a família do rapaz.