O canadense Ron Morais disse à CBC News que comprou um café no McDonalds no Canadá, no caminho para o trabalho e não notou nada de errado, até que ele tirou a tampa. "Eu sempre tiro a tampa para obter o meu último gole de café. E quando eu tirei a tampa fora, havia uma surpresa em minha xícara de café. Era um rato morto", disse. De acordo com ele, havia também excrementos presentes na borra do café.

Jason Patuano, o gerente de comunicações para a região oriental do McDonalds no Canadá, emitiu um comunicado dizendo que a segurança alimentar é uma "prioridade" para a cadeia. "Nós levamos denúncias que envolvem limpeza e saneamento muito a sério", declarou Patuano.

Publicidade
Publicidade

O serviço de inspeção do Canadá fez uma visita ao local do ocorrido e disse que não havia indícios e infestação de ratos no local.

A ampla rede de Fast food, o McDonald tem sido notícia nos últimos tempos, mas sempre por motivos ruins. Há algum tempo ele foi notícia por suspeita de uso de alimentos duvidosos na composição dos seus sanduíches. Para tentar corrigir a má reputação e impedir a queda das vendas que estão ocorrendo, a empresa lançou em seu canal no Youtube vários vídeos de uma campanha chamada de "Our food. Your questions" (Nossa comida. Suas perguntas), mostrando todo o processamento do alimento feito pela empresa. Além disso, tem encorajado os clientes a enviarem dúvidas sobre os produtos da marca. Agora Ron Morais, um canadense de Fredericton, New Brunswick, ao tirar a tampa para beber o seu último gole de café se depara com um rato dentro do copo.


Vale ressaltar que ele tem testemunha do ocorrido, pois estava com seu colega de trabalho que presenciou a cena nojenta e perigosa. De acordo com o que ele disse em uma entrevista, ao ouvir Morais falar que havia um rato em seu café achou que fosse apenas uma brincadeira do colega, mas quando olhou viu que era real.

Embora os profissionais da inspeção local não tenham encontrado nada, a rede garante que continua investigando o caso.

Publicidade

O material que sobrou, ou seja, o rato morto, os excrementos e as gotas finais de café foram encaminhados para análise laboratorial para tentar nortear como ele foi parar lá.

Você frequenta essa rede? Sente-se seguro? Gosta da higiene apresentada? Comente!