Com a chegada do final de ano ocorrem os mais diversificados vestibulares espalhados por todo o país. Dentre eles, o da Universidade Federal do Paraná que liberou o resultado da primeira fase desse novo vestibular nesta sexta-feira, dia 14 de novembro do ano de 2014. A divulgação desse resultado feita agora pegou os candidatos de surpresa, pois era esperado só para daqui a dez dias. O vestibular da UFPR 2015 foi o mais concorrido da história da universidade. Ao todo foram 57.068 pessoas inscritas para apenas 4.890 vagas.

A primeira etapa do vestibular foi realizada no dia dois de novembro de 2014. Os candidatos, que encontraram o seu nome na lista de aprovados divulgada pela UFPR, podem se preparar para encarar a próxima etapa.

Publicidade
Publicidade

No próximo dia 30 de novembro eles serão submetidos a uma prova de compreensão e produção de texto no domingo. Ao todo, os estudantes terão quatro horas e meia para completar toda a avaliação. Em alguns cursos, haverá também prova específica a ser feita no dia 1 de dezembro de 2014.

Houve também a seleção para dois Cursos de Formação de Oficiais (da Polícia Militar e dos Bombeiros) do Paraná que foi realizada pela UFPR. Nesse caso, foram 8.275 inscritos que concorreram a 60 vagas. Os inscritos para a Polícia Militar enfrentaram uma concorrência de 163,20 por vaga e os inscritos para Bombeiros tiveram a concorrência de 87,35 por vaga.



Divisão de vagas do vestibular da UFPR

A Universidade Federal do Paraná reserva 40% (1.978) das vagas para estudantes que têm renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa e cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Publicidade

Podem ser ocupadas também por pretos, pardos e indígenas. Além disso, 30% das vagas, o que equivale a 1.925 vagas, oferecidas no vestibular UFPR 2014/2015 são reservadas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesse caso, a base é a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Você fez esse vestibular? Então confira a lista de aprovados no site da UFPR. #Educação