Os profissionais da área de saúde possuem mais uma oportunidade de conquistar um emprego no serviço público. A prefeitura do município de Cuiabá, no Mato Grosso, está com 760 vagas abertas para contratação imediata e mais 1.520 oportunidades de cadastro reserva. Todas essas vagas são para trabalhar na Secretaria Municipal de Saúde e a remuneração varia de acordo com o cargo, mas pode chegar a R$ 6.380,66. Vale lembrar que 10% das vagas são destinadas apenas a candidatos com deficiência física e para estar de acordo com a Lei Municipal n° 5.842, de 30 de julho de 2014, 20% das vagas são apenas para negros e índios.

Das vagas para convocação imediata, 386 vagas são para quem tem nível superior e dessas, oitenta e cinco são para médicos.

Publicidade
Publicidade

Há oportunidades para várias especialidades como pediatria, endocrinologia, cirurgião, mastologista, entre outros. Os médicos contam ainda com 175 vagas de cadastro reserva.

Depois, há mais 186 oportunidades para especialistas em saúde. Todas elas de contratação imediata. Podem concorrer a essas vagas fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, biólogo, farmacêutico, administrador hospitalar, químico, psicólogo, fonoaudiólogo, nutricionista e médico veterinário. Há também 429 vagas para formação de cadastro reserva para esses mesmos profissionais. Por fim, há também oportunidades para contador e pedagogo, além de 109 vagas imediatas e 218 para formação de cadastro reserva para enfermeiros.

As demais 374 vagas são para quem tem nível médio. Nesse caso, setenta e quatro são para agente de saúde na área de radiologia, patologia clínica e higiene dental; e trezentas para técnico em enfermagem.

Publicidade

Os interessados devem entrar no site da FGV até o dia 2 de dezembro e fazer a sua inscrição. Nesse mesmo site é possível ter acesso ao edital completo. É necessário pagar taxas que variam de R$ 85,00 a R$ 66,00. As provas de múltipla escolha estão previstas para serem realizadas no dia 25 de janeiro do ano de 2015 no município de Cuiabá, no estado de Mato Grosso. #Trabalho #Governo