Chegou o Natal!

Já está na hora de montarmos a árvore natalina, enfeitar a casa, começar a fazer a lista de presentes, comprar o peru, o chester, o bacalhau, enfim, tudo para que a ceia fique com cara de natal. Mas afinal de contas, qual é a cara do Natal?

É, até agora ainda não falamos nele, o personagem principal dessa festa, Jesus Cristo. Parece que a última coisa que lembramos é que nessa data se comemora o nascimento dele. A grande festa espiritual assume um caráter comercial, conseguindo até deixar  alguns pais constrangidos por não poderem comprar o presente que os filhos pedem. Parece mentira mas Papai Noel passa a ser o protagonista e Jesus Cristo o coadjuvante nessa data.

Publicidade
Publicidade

A comercialização do Natal enche os bolsos de muitas pessoas, mas parece que esvazia os corações de muita gente, que acaba se esquecendo do verdadeiro significado dessa festa, de poder se reunir com a #Família nessa noite e agradecer a Deus por nos tê-lo enviado. Isso ocorre também com outras datas comemorativas, como o Dia das Mães e o Dia dos Pais, que fazem com que os  filhos se sintam os piores filhos do mundo se não puderem comprar seus presentes. E na Semana Santa, precisa ter o bacalhau e a canjica. Enfim, tudo vira um grande comércio, que acaba fazendo com que a gente se esqueça do verdadeiro valor dessas datas, o valor sentimental.

Não seria  errado aproveitar o dinheiro extra que ganhamos no final do ano (13º salário) para fazer compras e até mesmo realizar alguns desejos.

Publicidade

Não podemos é deixar que valores tão importantes ligados a  datas como estas se tornem apenas um ótimo dia para o comércio. O Natal é muito mais do que uma mesa repleta de comidas e bebidas, do que uma ocasião em que se dá e se recebe presentes. É uma época de nos tornamos mais sensíveis. Não podemos deixar que essa sensibilidade seja trocada por cupons fiscais. É muito bom comemorar o Natal, mas para isso não precisamos dos presentes, da ceia farta, do vinho, da roupa nova. Só precisamos deixar que o espírito natalino preencha nossas almas.

Feliz Natal a todos!  #Igreja