Um assunto que toca a todos os brasileiros, que causa indignidade e ao mesmo tempo sensação de incapacidade é a corrupção. Um mal que assola a nossa política e vira um show de desvios e desperdício de dinheiro público.
E a pergunta que fica é: tem como acabar com a corrupção? Ou é um mal que assistimos desde pequenos e teremos de acompanhar pelo resto de nossas vidas?


Pelo mundo e pela história

A corrupção na política não é exclusividade do nosso país e não é situação corriqueira apenas da atualidade, seja o país rico ou pobre, desenvolvido ou não, existe corrupção, o que difere um do outro é a quantidade e o modo com o qual a corrupção é lidada, como por exemplo a sanção estipulada para os corruptos.

Publicidade
Publicidade

Acabar com a corrupção é um sonho, mas vale lembrar que é algo enraizado na cultura humana, pois é algo além da política, que pode ser considerado instintivo e é visto em todo o lugar a qualquer momento, pois as pessoas sempre tentam passar outras para trás ou levar algum tipo de vantagem.


Como funciona

A pergunta que não quer calar é: Como acabar com a corrupção? Mas, como qualquer problema, antes de resolvê-lo é preciso saber o que acontece e como funciona, para ao fim se achar uma solução.

Com um sistema imenso e perfeito, o governo monetiza tudo que é comercializado, consumido ou qualquer coisa que envolva dinheiro e tira disso uma "pequena" parte para que seja usada em prol da própria população como saúde, educação e segurança. Esse ato é o famigerado imposto, onde começa todo o ciclo que resulta na corrupção.
Certo, o governo colheu o nosso dinheiro e agora? Nesse momento o correto é distribuir todo dinheiro arrecadado em diversas áreas, que atendam a população, como construção de escolas, hospitais e distribuir valores que supram a manutenção dessas áreas já construídas, como pagamento de salários e produtos necessários para o funcionamento do sistema.
É nesse momento que a magia da roubalheira acontece, no qual o João é amigo do primo do deputado X e ele tem uma empreiteira. O amigo deputado faz com que a empresa de João construa uma escola que custaria 1 milhão, por 5 e no final das contas os 4 restantes são divididos, por João, pelo primo do deputado, pelo deputado e qualquer pessoa que tenha envolvimento com o esquema. E nisso são sugados todos os anos bilhões de reais dos nossos bolsos.


E aí, tem solução?

A solução é saber quebrar o esquema.

Publicidade

Lutar por uma justiça mais eficiente é fundamental, mas o mais importante sem dúvidas está em nossas mãos. De 4 em 4 anos temos a chance de mudar o quadro político do nosso país e cabe a nós escolher nossos representantes. Não é a solução de todo o problema, mas um grande passo é colocar pessoas honestas no poder, pois são elas que podem mudar o nosso país e acabar com esse triste cenário que vemos nos dias de hoje. #Negócios