Foi anunciado na última sexta-feira (26), no site da prefeitura de São Paulo, que a partir do ano que vem os estudantes de escolas públicas e universitários do Prouni, Fies e cotistas terão passe livre para transporte público municipal. A prefeitura estima que serão beneficiados aproximadamente 505 mil estudantes.

Para os outros, o passe aumenta...

Congelado há quatro anos, o preço da tarifa de ônibus vai subir a partir de 6 de janeiro de 3 reais para 3 reais e 50 centavos. O preço é alto comparado a outras capitais, como Porto Alegre, que o preço da passagem é de 2,95, apesar de precisarmos levar em conta que os estudantes da capital gaúcha recebem apenas metade do abono da passagem.

Publicidade
Publicidade

Além disso, a prefeitura garante que o reajuste, que ocorreu pela última vez em 5 de janeiro de 2011, é inferior a inflação.

Em 2013, a prefeitura já havia tentado fazer o reajuste na passagem, de 3 reais para 3 reais e 20 centavos, mas houve protestos que levarão milhares de pessoas as ruas. A prefeitura acabou voltando atrás e o passe se manteve o mesmo. O Movimento Passe Livre (MPL) já marcou uma manifestação, via rede social, para o dia 9 de janeiro, três dias após o aumento da passagem. O encontro está marcado para às 17 horas, no Theatro Municipal de São Paulo. Evento denominado '1º Grande Ato Contra a Tarifa' já tem 20 mil pessoas confirmadas.

Além disso, o MPL anunciou que o passe livre é uma conquista do povo, mas que está muito além da Tarifa Zero, já que não é para todos estudantes.

Publicidade

Novas Implementações

No ano que vem, a Prefeitura irá oferecer uma nova rede de transporte público para estudantes e trabalhadores que utilizam ônibus na madrugada. A ideia é que haja maior frequência na circulação do transporte para que o usuário não precisem esperar tanto.

Ônibus novos, com ar condicionado e Wi-fi, estão também entre as pautas da carta publicada no site da Prefeitura. A estimativa é que sejam mais de mil novos ônibus circulando no ano que vem.

Se a Prefeitura vai conseguir manter a palavra sobre o aumento da passagem é algo que precisamos aguardar. Os protestos, que vêm ocorrendo nos últimos tempos, mostram que a voz do povo ainda influencia as decisões dos poderes. Só nos resta, esperar...