O Brasil foi escolhido, em 2013, para ser o convidado de honra da Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, e agora, para o ano de 2015, a homenagem será do Salão do Livro de Paris, na França.

Novamente o governo brasileiro contribuirá para a ida de escritores nacionais, apesar da diminuição de nomes na lista, de 70 para a Feira de Frankfurt, para 48 para o Salão do Livro de Paris. Nomes importantes foram repetidos, como Marcelino Freire, Ferréz, Daniel Galera, mas também houve outros que ficaram de fora, destaque para dois nomes das histórias em quadrinhos: Maurício de Souza e Lourenço Mutarelli que não estão na lista. João Ubaldo Ribeiro, falecido no ano passado, que participou na feira da Alemanha, fará falta na França.

Publicidade
Publicidade

Com a #Literatura brasileira em pauta nos países europeus, podemos esperar uma maior valorização dos escritores dentro do próprio país. Infelizmente, ser escritor no Brasil ainda é uma tarefa árdua, há um preconceito social para aqueles que levantam a bandeira para dizer que querem ou que já conseguem viver da escrita. Além disso, esse olhar de fora para nossos escritores aumenta a chance de novos nomes serem traduzidos, possibilitando a maior circulação do que é produzido aqui.

Vale ressaltar a importância de projetos que buscam incentivar a literatura dentro do Brasil, não adianta querermos que a Europa nos leia, quando nós não nos lemos. Para isso, no ano passado, foi criado o Vale Cultura que contribui com 50 reais para o usuário gastar em eventos ou cursos que sejam culturais.

Publicidade

Não só livros estão na lista de possibilidades dos gastos, cinema, teatro, circo estão também entre as várias opções de utilização.

O Salão do Livro de Paris ocorrerá entre os dias 20 até 23 de março de 2015, vamos aguardar para ver as portas que se abrirão depois desse evento. Apesar de algumas ausências na lista, felizmente, estamos bem representados.

Para ver a lista completa com todos os escritores selecionados para participar do evento na França, basta consultar o pronunciamento no site do Ministério da Cultura.