O que podemos esperar do nosso país? No início do ano já houve aumento da energia elétrica, passagens de ônibus, e a população ainda enfrenta a falta de água, e o preço alto dos alimentos. As frutas estão a preço de ouro, e fica difícil para a classe menos favorecida conseguir se manter.E se continuar assim, onde vamos parar? Será que em 2015 haverá desemprego, recessão, o que podemos esperar desse ano?As fábricas de automóveis estão demitindo, como é o caso da Volkswagen do Brasil, fábrica Anchieta em São Bernardo do Campo no ABC Paulista que demitiu 800 funcionários nesta terça-feira (06/01).A recessão já começa a aparecer e houve quedas no setor automotivo do país.

Publicidade
Publicidade

Os gastos do governo, os rombos na Petrobrás, grandes desvios de dinheiro, acabam refletindo no País, pois se não investem em setores, acaba vindo á tona de uma forma negativa. O Brasil gastou muito com a copa do mundo, principalmente com obras superfaturadas e desvios de dinheiro e depois houve as eleições. Corremos o risco de ficarmos como a Grécia que após realizar uma das melhores Olimpíadas faliu.

A falta de investimentos na área da saúde, transportes, meio-ambiente (o problema da água), agricultura, saneamento básico, poderão levar o Brasil á um caos econômico.E o aumento do salário não cobre os aumentos que ocorrem nos setores, e a inflação é alta, comparando o custo dos alimentos. #Crise

É preciso fazer a Reforma Tributária para que o país avance, pois a população paga muitos impostos e poderia se pagar menos e assim o custo dos produtos seriam mais baixo. É preciso que o governo invista mais nas áreas, para melhorar os serviços, pois os mesmos não são de primeira qualidade. Corremos o risco e o povo fica á mercê do governo e o mesmo deveria dar o retorno para a população, pois foi o povo quem os colocou no poder. A troca tem que ser justa e o país, precisa se desenvolver. O que o povo espera e deseja é que venham as melhorias e assim o País poderá avançar e se desenvolver. E que não se esqueçam da área da educação, lema da presidente Dilma. Esperamos as mudanças ocorram....