Desde o dia 1º de fevereiro de 2015 os combustíveis no Brasil sofreram reajustes e o consumidor vem sentindo no bolso. O aumento do PIS/COFINS e a volta da Cide acrescentam R$ 0,22 por litro na gasolina e R$ 0,15 por litro no óleo diesel desde então. A intenção do #Governo federal é aumentar a arrecadação para equilibrar as contas que andam desalinhadas. Para o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, o resultado fará uma grande diferença no fechamento do ano fiscal brasileiro. O aumento talvez não seria tão sentido e reclamado se os escândalos de corrupção da Petrobras e a Operação Lava Jato da Polícia Federal tivessem menor impacto na mídia e na vida das pessoas.

Publicidade
Publicidade

Se tornou uma bola de neve e a população se sente lesada. O governo represou os aumentos durante 3 anos e agora não consegue mais segurar. Segundo a presidente Dilma Rousseff, em entrevista na última quarta-feira, em 2013 e 2014 não foram aumentados os combustíveis e agora com a recomposição da Cide é que o preço se altera. Para a presidente a alteração no valor do barril de petróleo precisa ser controlada e isso resulta na alteração do valor dos combustíveis para o consumidor final. #Crise