Hoje domingo (15), manifestantes se reuniram em 16 estados e também no Distrito Federal, mostrando sua indignação contra o governo Dilma Rousseff e os escândalos na Petrobras. Essas manifestações foram marcadas pela internet e começaram pela manhã, tendo sua continuidade agora à tarde. Milhares de pessoas vestidas de verde e amarelo pediam o impeachment de Dilma e até mesmo a intervenção militar.

Com faixas pedindo o impeachment de Dilma Roussefff, interferência militar, a retirada do PT do poder e muitas criticas contra a #Corrupção na Petrobras, foram houvidos gritos de ordem como: "fora Dilma". Também muitas ofensas contra a presidente, foram ações bem comuns entre os manifestantes.

Publicidade
Publicidade

Ostentando a Bandeira do Brasil os manifestantes entoaram por várias vezes o Hino Nacional e até o começo da tarde, por volta das 13h , não houve relatos de violência, confrontos nem vandalismo.

A cidade do interior de São Paulo, Ribeirão Preto, foi a que reuniu o maior número de manifestantes. Foram contabilizados pela Polícia Militar, pelo menos, 40 mil pessoas, entre eles empresários, estudantes e aposentados, que encheram 13 quarteirões da cidade.

Já em Belo Horizonte a situação foi bem semelhante, ao meio dia a Polícia Militar contabilizava mais de 24 mil manifestantes que lotavam a Praça da Liberdade. Houve também um diferencial na capital mineira. Foram vistos manifestantes com faixas contra deputados e senadores e pedidos de legalização da pena de morte para ladrões, traficantes, corruptos e corruptores.

Publicidade

Em Copacabana, no Rio de Janeiro, reuniram-se 50 mil pessoas, segundo os organizadores, mas já a Polícia Militar fala em 15 mil, isso até por volta das 10h30. Já o Movimento Legalista, que defende a interferência militar, marcou para hoje a tarde seus protestos no centro, a partir das 16h. Mas não se espera o mesmo tanto de manifestantes que ocorreram durante todo o dia.

O Gramado em frente ao Congresso Nacional , em Brasília, foi tomado por 40 mil pessoas, estimativa da Polícia Militar, já os organizadores dizem que foram 100 mil. Os brasilienses foram bastantes radicais e pediram a intervenção militar.

No Nordeste, a avenida Boa Viagem foi o ponto de encontro dos manifestantes, em Recife. Foram reunidas cerca de 5.000 mil pessoas, contagem da PM. Em Salvador se reuniu cerca de 7.000 manifestantes, também segundo a PM. Maçons e sindicatos reuniram 15 mil pessoas em Belém.