Após as reivindicações em 2013 que começaram por conta do aumento no valor das tarifas no transporte publico e abrangeu assim outras exigências que em sua maioria não foram asseguradas pelo governo até então, novamente centrais e movimentos sociais organizam marchas para os dias 13, 15 e 19 de março.

O movimento pró Dilma marcado para o dia 13 de março é liderado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores), UNE (União Nacional dos Estudantes) e outros movimentos sociais, também teria como participante o ex presidente Lula, porém ele voltou atrás temendo ter sua associação aos atos contra as medidas do governo. Dentre as exigências está a oposição as MPs 664 e 665 que delimitam o acesso a benefícios dos trabalhadores de carteira assinada, assim como também em favor da Petrobras.

Publicidade
Publicidade

O protesto que ocorre no dia 15 promete estremecer o governo já que é um ato que tem como principal objetivo o impeachment da presidente. Este foi alavancado por grupos de oposição e através das redes sociais milhares de pessoas já confirmaram participação. Na mesma data ocorreria a convenção nacional do PSDB que foi adiada para os meses de maio e julho.

No dia 19 de março será lançada a campanha pelo clube militar em favor da moralidade nacional, campanha esta que já recebeu apoio de instituições importantes no país. Segundo o Coronel Ivan Cosme de Oliveira, diante das denúncias de corrupção não é possível esperar, pois já não é uma questão política e sim de impunidade. Vale lembrar que alguns dos acusados presos no escândalo da Petrobras foram soltos recentemente.

Se uma parcela da população não tinha consciência dos reais motivos que alavancaram as manifestações anteriores, agora 'o gigante acordou'.

Publicidade

Os fatos recentes como a lista de supostos envolvidos no escândalo da Petrobras, dentre eles relatores da CPI da mesma, aumento do desemprego, inflação, greves e impostos acrescidos por conta da má gestão e corrupção, contribuiu assim para que o Brasil entrasse em uma de suas maiores crises financeiras.

#Manifestação