O Ministro das Relações Internacionais, Pepe Vargas, declarou nesta quinta-feira, 12, que as manifestações pró-impeachment da Presidente Dilma podem ser um golpe. O político também disse que protestos tendo em vista um objetivo assim são "inadmissíveis".

Vargas é um dos responsáveis pela organização política do governo. O depoimento sobre as manifestações acontece três dias antes dos protestos marcados contra o governo do PT. Na manhã de hoje, o ministro relatou aos jornalistas que a presidente foi escolhida nas urnas pela maioria da população e querer tirar a mandatária do poder é algo que "cheira a golpe".

Devido a resposta do político, os jornalistas que estavam na Câmara perguntaram ao Ministro Pepe Vargas se todos os manifestantes são golpistas. O ministro disse que acredita que nem todos manifestantes vão para o protesto para pedir um impeachment. Pepe não foi o primeiro ministro do PT a tratar sobre o assunto, mas foi o primeiro a dizer que os protestos podem ser um golpe.

A alegação do Ministro das Relações Internacionais ocorre também um dia após o senador do PSDB e candidato à presidência das eleições passadas, Aécio Neves, convocar os simpatizantes e políticos do partido tucano para irem às ruas no próximo domingo (15). Porém, mesmo com o pedido de Neves, o ex-candidato à presidência disse que não irá aos protestos para não reforçar a ideia de uma espécie de terceiro turno das eleições.

As manifestações do próximo domingo se tornaram um momento chave para o governo brasileiro. Segundo a agência de notícias Reuters, a presidente Dilma pediu que os principais ministros permaneçam em Brasília no domingo para analisar o que as manifestações podem causar.

Ainda de acordo com à Reuters, o governo está investigando as redes sociais, para acompanhar a repercussão que os protestos estão causando. Segundo a agência de notícias, o governo acredita que existam "robôs" convocando e persuadindo pessoas para as manifestações.

No momento que precede os protestos, uma pesquisa do Datafolha revela que apenas 23% dos brasileiros acreditam que o governo da presidente Dilma é bom ou ótimo.

#Manifestação