Em menos de uma semana o Ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão após discutir com deputados no plenário da casa, chamando-os de "achacadores". Hoje foi a vez de Thomas Traumann, Ministro da Secretaria de #Comunicação Social (Secom), pedir demissão, a qual foi aceita pela presidente Dilma, que em nota agradeceu pelos serviços prestados pelo Ministro.

Thomas Traumann, formado em jornalismo pela Universidade Regional do Paraná, assumiu o cargo de chefe da comunicação do governo Dilma em fevereiro de 2014, após a saída da Ministra Helena Chagas.

Documentos vazados nas últimas semanas do Secom

O pedido de demissão ocorre após o vazamento de documentos da Secretaria de Comunicação Social, nos quais constam informações como a avaliação da comunicação do Governo como errática. Além disso, há informação da utilização de robôs durante a campanha eleitoral de 2014, bem como a redução do "patrocínio" de blogs e páginas com a propaganda do governo após as eleições. Por este motivo, duas comissões da Câmara decidiram hoje pelo convite ao Ministro Thomas Traumann, para que dê explicações.

A vaga de Ministro da Educação e da Secretária de Comunicação Social permanece em aberto

Em apenas uma semana a presidente #Dilma Rousseff aceitou a demissão de seus Ministros e agradeceu a ambos pelos trabalhos prestados, agora caberá a presidente a decisão de nomear novos chefes das pastas.

No Ministério da Educação, um dos maiores orçamentos da União, a vaga está em disputa pelos partidos PT e PMDB, o Partido dos Trabalhadores deseja que o ministério seja ocupado pelo atual Ministro da Casa Civil, Aloízio Mercadante, enquanto que o PMDB sugere o nome de Gabriel Chalita, atualmente secretário do Município de São Paulo.

Até o momento a presidente Dilma não deu sinal de quem irá ocupar a vaga e agora conta com um novo problema: Quem nomear para chefe de comunicação da presidência? Partidos aliados do governo, assim como o próprio ex-presidente Lula, entendem que a reforma deve ser maior e a saída de mais um ministro coloca mais lenha nesse fogo.