O cenário internacional para o comércio de petróleo não está favorável para investimentos. Há quase um ano atrás, o barril era comercializado a U$$ 99,74 e atualmente, opera a quase metade do preço a U$$ 50,83. Aloizio Mercante, Ministro da Casa Civil, disse em entrevista que o plano de investimentos da Petrobrás aguarda o aquecimento do Mercado Internacional da venda de petróleo para retomar parte dos investimentos da estatal.

Cobrada em reunião por Governadores do Nordeste sobre a continuidade dos investimentos da empresa na região, a presidente Dilma Roussef disse que aguarda a divulgação do balanço de 2014 da Petrobrás.

Publicidade
Publicidade

Recentemente envolvida na operação Lava Jato que investiga esquemas de desvio de dinheiro, a Petrobrás aguarda a divulgação do balanço para realizar o ajuste fiscal para a retomada de projetos e investimentos mantidos pela empresa.

Alguns investimentos permanecem, como atividades de exploração da camada do Pré-Sal. O consórcio Libra concluiu a perfuração do segundo poço no dia 24 de março. O poço fica na Bacia de Santos á 220 km do litoral da cidade do Rio de Janeiro. A área de Libra compreende cerca de 1.550 Km², a perfuração atingiu a profundidade de 5.780 metros e faz parte da atividade de exploração da área, onde foram encontrados 200 metros de área com presença de hidrocarbonetos, que foram enviados para análise, conforme divulgou recentemente o site da Petrobrás.

A empresa vive uma instabilidade econômica e administrativa que envolve o comércio internacional, a operação Lava Jato, o preço de mercado e o índice de risco de investimento na estatal versus seu crescimento contínuo investimento massivo em tecnologia e desenvolvimento alcançando recordes de produção.

Publicidade

Com a queda do preço do barril do petróleo e a fragilidade econômica criada pela exposição da operação Lava Jato, a Petrobrás age cautelosamente até que a regulamentação seja proposta pelo ajuste fiscal. A maior petrolífera de capital aberto do mundo tem investimentos em mais de dez bacias marítimas e terrestres no Brasil produzindo mais de dois milhões de barris/dia. O balanço de 2014 pode ser apresentado na próxima reunião do Conselho Administrativo da Petrobrás. #Petrobras