O Deputado da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, recém eleito pelo Partido Social Democrático (PSD), o ex-jogador de #Futebol, Mario Jardel Almeida Ribeiro, o Jardel, após figurar no noticiário por ter destituído quase todo seu staff e afastar-se do cargo, volta à Assembleia nesta segunda-feira (13), já tendo feito uma declaração a respeito de suas ações recentes e dos motivos para tal.

Uma medida que o deputado já tomou foi destituir o chefe de gabinete, que foi empossado por seu partido, na sua ausência. Outra medida foi reconduzir seu motorista como secretário, agora, com o salário quadruplicado. O sentimento é de que a possibilidade de apagar o estremecimento que provocou, não só entre seus ex-assessores, como também entre seus companheiros de partido, é improvável.

Como seu partido conta apenas com sua cadeira na Assembleia, a hipótese de ser expulso do partido cria uma situação complicada, até junto aos eleitores que o elegeram, muito por conta da popularidade que goza junto à torcida do Grêmio.

Publicidade
Publicidade

O deputado federal Danrlei, também ex-jogador do Gremio, que foi o mentor e deu apoio decisivo para que Jardel se candidatasse e se elegesse, está em uma situação constrangedora por não ter tido um critério mais responsável quando escolheu Jardel para fazer a dupla de candidatos, visando as eleições estadual e federal. Ao que parece os dois romperam a amizade.

Em um ambiente conturbado e imprevisível, todos esperam ansiosos novos capítulos insólitos, patrocinados por um deputado, eleito muito mais pela simpatia futebolística, do que pelo potencial construtivo que poderia demonstrar em seu mandato.

Num momento em que muitos saem às ruas buscando moralizar o país, os eleitores que escolheram Jardel por sua cor clubística, passam um atestado de responsabilidade por estas destrambelhadas atitudes, que percorrem o noticiário e depõem contra a seriedade de um órgão legislativo, com mais de um século de história e respeito, que é a Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.