A rivalidade partidária entre #PT e #PSDB é imensa. Os filiados a esses partidos fazem de tudo para prejudicar seus adversários políticos. Essa é mais que uma disputa por votos para a escolha de quem irá comandar o país, é uma grande "guerra pelo poder". Por isso, ambos os partidos utilizam, sem nenhum pudor, de todas as maneiras que forem legais para desestabilizar o rival. Dessa vez não foi diferente, a revista Veja noticiou que um hacker, utilizando todo o seu conhecimento em #Internet, conseguiu ter livre acesso ao gerenciamento do site do PSDB.

Quando ele obteve o pleno domínio da página dos maiores opositores do governo de Dilma Rousseff, o hacker não pensou duas vezes, fez a página principal do site da oposição ser alvo de piada durante o dia inteiro.

Publicidade
Publicidade

O invasor postou uma foto da atual presidente, dando risada, na página principal do site. Além disso, o Hacker se autonomeou o novo presidente do PSDB, dizendo seu pseudônimo: 9Lulz. Devido a essa piada desrespeitosa, milhares de internautas viram a página e postaram comentários nas redes sociais, principalmente no Twitter e Facebook.

A internet virou uma "zona de guerra". De um lado, os aliados ao PT dando risada e apoiando a brincadeira de mau gosto. Já os opositores, principalmente os filiados ao PSDB, aproveitaram o momento para criticar a conduta deste possível simpatizante do PT e associar esse ato de "vandalismo cibernético" aos escândalos da Petrobras e do Lava Jato, em ambos o partido da presidente talvez esteja envolvido.

Vale ressaltar que a conduta deste cidadão, além de desrespeitosa, é ilegal, pois ele cerceou, ainda que momentaneamente, o direito do PSDB demonstrar sua oposição ao governo.

Publicidade

Logo, é importante lembrar que o Brasil, enquanto Estado Democrático de Direito, preserva a liberdade de expressão, sendo vedado apenas o anonimato. O hacker, obviamente, não se identificou com seu nome verdadeiro.

Por mais que os cidadãos não concordem com as opiniões de outras pessoas, o respeito é fundamental para que todos consigam viver em paz em uma sociedade democrática.