Antes de qualquer coisa, esse Sandes Júnior não é aquela dupla sertaneja que fez sucesso no fim dos anos 90 e início dos anos 2000, calma. Aqueles são Sandy & Júnior, os filhos de Xororó, que segundo um grande veículo da mídia, teve um 'piripaque' igual ao de Chaves, quando viu o nome dos filhos na lista através do Jornal Nacional. Na verdade, o nome que foi encontrado na lista da #Lava Jato é o do Deputado Federal pelo PP de Goiás - João Sandes Júnior - investigado por supostamente participar de um esquema de corrupção na Petrobrás.

O fato foi motivo de uma grande confusão e equívocos até mesmo pela grande mídia. Quando Janot mostrou a lista, até mesmo os fãs da dupla fizeram vídeos chorando e se perguntando o porquê daquilo.

Publicidade
Publicidade

Outros até foram além; criaram um movimento na internet em prol da inocência de Sandy e Júnior. Até mesmo o programa Pânico da Band fez reportagem voltada ao nome curioso do Deputado que causou furor entre os fãs.

"Sandy & Júnior na lista da Lava Jato? Será que eles receberam propina da Petrobrás ou tem algum erro nessa lista aí? Eu fiquei extremamente assustado quando ouvi isso de veículos tão sérios... (risos)." Disse Rodrigo Scarpa da Band. Logo depois, foi descoberto que não tinha nada a ver com a dupla, mas sim com o Deputado de Goiás.

Sandes Junior não tem um passado político dos melhores. Ele já foi pego em conversa pela Polícia Federal na Operação Vegas negociando com Carlinhos Cachoeira cheques de R$ 50 mil que, segundo o Deputado Sandes, eram cheques relacionados a uma rádio e Carlinhos estava apenas brincando quando se referia a uma divisão do valor financeiro.

Publicidade

Em outra conversa, Sandes aparece pedindo R$ 7 mil a Cachoeira: "Você não consegue me arrumar um patrocinador para uma pesquisa do Serpes não? Coisa pouca, só R$ 7 mil". Na verdade, segundo a Polícia Federal, esses pedidos seriam para patrocinar a sua campanha política à prefeitura de Goiânia em 2012.

Recentemente, o Deputado pediu o afastamento seu da CPI da Petrobrás. Ele era um dos titulares da Comissão. O motivo afirmado por Sandes é que seria muito desgastante lhe dar com uma situação tão complicada. Dessa forma ele fez reunião com a cúpula do PP e todos chegaram à decisão que seria melhor o Deputado sair. "Muito embora eu seja um dos suplentes, pedi o meu afastamento e em meu lugar entrará o líder Eduardo da Fonte (PP), ele mesmo concordou com a minha decisão. Busquei fazer isso para que fosse evitado qualquer tipo de desgaste", disse. #Famosos