Recentemente professores da rede estadual e municipal em diversos estados no Brasil se mobilizaram através de manifestações em favor ao investimento na #Educação. Em Curitiba a polícia entrou em confronto com manifestantes resultando em dezenas de feridos. Os últimos acontecimentos demonstram a emergência do investimento e atenção a educação no país.

O Brasil sofre um recente reajuste fiscal e econômico e está controlando suas contas. Já apresentou medidas nos planos previdenciários e deve apresentar novos ajustes em diversas pautas, para controlar a economia do país. Representantes e organizações estudantis esperam que a educação não sofra nenhum corte e que todos os repasses garantidos entre acordos posteriores sejam garantidos pelo governo federal.

Publicidade
Publicidade

Como o repasse de 10% do Produto Interno Bruto - PIB para a educação em parcelas anuais por dez anos garantido pelo governo federal a União Nacional dos Estudantes - UNE no último congresso da organização. Além disso a garantia do funcionamento e da qualidade do ensino superior é uma das reivindicações do movimento estudantil.