A Farmácia Básica de Saúde de São João del Rei no estado de Minas Gerais descarta mais de uma tonela em remédios vencidos e com prazos de validade no final de 2015. Os medicamentos seriam levados para Lavras onde seriam incinerados, descartados por apresentarem data de validade vencida. Os vereadores Cabo Zanola, Fábio Silva, Igor Sandim e Jânia Costa da frente parlamentar em defesa do povo são os responsáveis pela divulgação da denúncia.

Denúncia do vereador Cabo Zanola

Em seu perfil em rede social o vereador Cabo Zanola explica que através de uma denúncia anônima o político foi avisado sobre o descarte de mais de uma tonelada de medicamentos em São João del Rey.

Publicidade
Publicidade

Os medicamentos na cidade são controlados pela secretaria de saúde, que após o ocorrido deve ser avaliada.  Um problema de ingerência pode ser constatado ao perceber que, faltam remédios e medicamentos nas unidades básicas de saúde da cidade e mais de uma tonelada de medicamentos vencidos são encontrados nas prateleiras da Farmácia Básica de Saúde, são informações divergentes, e quem sofre com isso é a população da cidade que depende dos remédios distribuídos pela rede de saúde municipal.

Vereadores são impedidos de entrar em galpão com remédios vencidos

Os vereadores Cabo Zanola, Fábio Silva, Igor Sandim e Jânia Costa da frente parlamentar em defesa do povo foram impedidos de adentrarem ao galpão com os remédios vencidos. Somente após uma liminar expedida pelo vereador Cabo Zanola, que também é advogado, que os vereadores tiveram acesso aos milhares de medicamentos vencidos dispostos em caixas, pronto para serem incinerados na cidade vizinha, em Lavras.

Publicidade

O prejuízo será contabilizado e deve ser apresentado o balanço das perdas pela secretaria municipal de saúde.

Prejuízos para a saúde de São João del Rey

 Os remédios descartados através da incineração que será realizada em Lavras devem custam milhares de reais aos cofre públicos municipais. A cidade de São João del Rey apresenta no ano de 2015 o cancelamento de diversos convênios com entidades e organizações que prestam serviço a comunidade, como a Sociedade Protetora dos Animais. A gestão do PT que demonstra fragilidade diante da impopularidade nos últimos três anos de #Governo municipal deverá apresentar nota oficial sobre o descarte de medicamentos, que representa grande perda para toda a população são-joanense.