Durante o período da campanha eleitoral à presidência do Brasil em 2014, o candidato do #PSDB, senador #Aécio Neves (PSDB-MG), não chegou a garantir oficialmente os nomes que viriam a fazer parte da sua equipe de governo caso fosse eleito. Como perdeu as #Eleições para Dilma Rousseff, do PT, tudo caiu no esquecimento. Entretanto, em entrevista recente concedida à revista Isto É, o ex-jogador de futebol e atual empresário Ronaldo Nazário conta que recebeu um convite para fazer parte de um eventual governo comandado por Aécio.

Faz todo sentido. Em muitas de suas caminhadas pelo Brasil em busca de apoio da população, Aécio Neves esteve acompanhado do ex-craque de Real Madrid, Barcelona e Corinthians.

Publicidade
Publicidade

Ronaldo, aliás, em nenhum momento escondeu o seu voto e chegou a fazer campanha para o tucano inclusive nas redes sociais. Segundo ele, Aécio o convidou para fazer parte da equipe de ministros, como titular na pasta do Esporte.

"O Aécio ainda quer que eu seja ministro do Esporte. Ele quis muito isso na campanha passada em 2014. E se ele realmente deseja isso, vai ser uma honra muito grande e um desafio enorme. Mas ainda não sei se estou preparado para abraçar essa. Eu gosto demais de desafios, mas não sinto esse ainda", salientou o Fenômeno, já especulando sobre uma possível nova tentativa de Aécio no próximo pleito em 2018. 

Mesmo como novos negócios agora como empresário, sendo um deles a propriedade de um time de futebol profissional nos Estados Unidos, o antigo camisa 9 da seleção brasileira não descarta totalmente entrar para a política algum dia.

Publicidade

Na sua análise, todas as pessoas têm um pouco de política no sangue.

"Quem é que não é um pouco político neste mundo? Por enquanto ainda não penso nisso, porque realmente estou muito envolvido com os meus negócios. Mas durante a campanha passada, com o Aécio, o contato e a interação com o povo brasileiro realmente me emocionou. Rodei cidades com ele e, nas ruas, pude notar um sentido e uma vontade compulsiva por mudança", finalizou.