Não se sabe ainda se o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva disputará o próximo pleito. Mas, por via das dúvidas, resolveu montar uma equipe para planejar uma eventual candidatura em 2018. Denominado como "grupo para o futuro", o time já está em campo e se reúne quase que semanalmente, em um escritório dentro do Instituto Lula, em São Paulo.

Assim como assessores da própria entidade e da confiança de Lula, integram a equipe o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, além dos secretários municipais Alexandre Padilha (Relações Governamentais) e Arthur Henrique (Trabalho). 

Os encontros contam ainda com a participação do empresário Josué Gomes, que é filho do ex-vice presidente da República, José Alencar, falecido em 2011.

Publicidade
Publicidade

Gomes é presidente do grupo Coteminas, cargo que herdou do seu pai. O ex-ministro da Fazenda de Lula, Antônio Palocci, tem voz ativa e é presença constante nas reuniões do conselho. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, é outro participante.

Luciano Coutinho, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (BNDES), é um eventual conselheiro. 

Descontente com a condução política do governo de sua sucessora, Dilma Rousseff, Lula repete que não terá condições de entrar em uma nova disputa sem apresentar propostas concretas. Por isso, gosta de conduzir os debates do conselho sobre eixos que define como pilares de sua gestão: direitos humanos, desenvolvimento social, estabilidade e política externa.

De acordo com aliados, Lula está preocupadíssimo com a perda total do seu "capital política" e quanto ao futuro do Partido dos Trabalhadores (#PT).

Publicidade

Na visão de um amigo, pela primeira vez ele está "sem brilho no olhar".

"Essas reuniões servem de aconselhamento ao presidente Lula. No sentido de orientá-lo sobre os movimentos que ele deve fazer de acordo com o cenário atual", explicou Rafael Marques. Além das já habituais reuniões do conselho, o grupo organizada todos os meses um evento de maior porte, com a presença da diretoria do PT e de militantes do partido. #Eleições