O episódio Ricardo Boechat versus Silas Malafaia ainda reverbera no Grupo Bandeirantes de comunicação. O jornalista usou seu programa na rádio Band News para mandar o pastor procurar uma ro*. Na oportunidade, ele ainda chamou o líder da Igreja Vitória em Cristo de charlatão, otário, paspalhão e ostros adjetivos nada carinhosos. Silas revidou e disse no Twitter que ia processar o profissional da mídia e que também tiraria satisfações com Johnny Saad, chefão da Band. O pastor conseguiu o que queria e vai ter agora um longo tempo para se defender na Band.

A informação foi confirmada pela Revista Veja, que afirmou que Silas Malafaia participará de uma espécie de entrevista montada.

Publicidade
Publicidade

O tempo ainda não foi definido, mas o material terá longa duração e vai ser exibido no mesmo horário e no mesmo local da declaração feita por Ricardo Boechat. A medida foi uma maneira do grupo midiático colocar panos quentes na situação e evitar perder uma de suas maiores verbas, a da igreja de Silas. O pastor tem um programa alugado na grade da TV Bandeirantes.

Em época de crise, a Band preferiu não deixar irritado Malafaia, que teria até ameaçado romper seu contrato de transmissão do programa religioso. Saad então ofereceu o tempo no rádio para Malafaia falar sobre o episódio. Ricardo Boechat não participará da entrevista. Também não é previsto para ele nenhum tipo de penalidade. Apesar de perder a compostura, o jornalista foi tratado como herói nas redes sociais e já existem até grupos na internet fazendo "vaquinha" para pagar o processo que Boechat deve perder na justiça.

Publicidade

A Band vive um 2015 difícil. Desde o início do ano, o canal anuncia cortes e demissões. Diversos programas da grade sairam do ar. A programação regional da emissora também foi afetada. Nomes como Luiz Bacci deixaram a rede de TV e partiram para outras emissoras. Já outros, como o de Rafinha Bastos, foram parar na chamada "geladeira". Centenas de pessoas perderam seus empregos e outras atrações correm o risco de serem extintas, como o CQC.   #Famosos #Televisão #Religião