Apesar de negar em seus telejornais de que empresas de mídia não estão sendo investigadas no esquema de #Corrupção da Fifa, a TV Globo está tendo seus negócios com a CBF alvos de investigação da polícia federal brasileira. A entidade está fazendo uma parceria com o FBI, que também investiga o esquema. Na investigação, dentre outras coisas, a polícia federal quer saber como apenas a Globo consegue comprar os direitos de exibição de diversos campeonatos #Futebolísticos nacionais e internacionais. O caso foi manchete nesta quinta-feira, 07, em reportagem de Ricardo Feltrin do UOL.

Por conta disso, diversos contratos entre e a Globo e a CBF estão sendo investigados.

Publicidade
Publicidade

Alguns dirigentes da Fifa, a entidade máxima do futebol, inclusive, já estão presos. Alguns confessaram que pagavam ou recebiam propina para definir, por exemplo, onde seria realizado determinado campeonato. De acordo com o UOL, a TV Globo disse não conhecer que exista essa investigação em torno dela e preferiu não comentar o episódio. Já a CBF disse em comunicado que esse é apenas mais um capítulo da relação da confederação de futebol com a mídia, que já dura quatro décadas. 

A polícia federal também quer saber como era a relação de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, com o departamento de esportes da TV Globo.  A única vez que a Globo se viu ameaçada por outra emissora em perder o direito de exibição de campeonatos foi em 2011, quando a TV Record tentou de tudo para ficar com os direitos do campeonato brasileiro, que já estavam prestes a vencer.

Publicidade

Na época, Teixeira que já era alvo de investigações, favoreceu o canal da família Marinho.  

Na época, a Record se sentiu lesada e pediu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade, que investigasse a legalidade do contrato com a Globo. A entidade ordenou que o Clube dos 13 fizesse uma nova licitação, essa definiria quem teria o direito pelo futebol. Foi nesse momento, que Teixeira e outros clubes, temendo que a Record ganhasse a licitação, acabaram com o Clube dos 13.





#Televisão