Neste quarta-feira, 08, publicamos que uma fonte nos confirmou que Silvio Santos estaria interessado em fazer um especial sobre a presidente Dilma Rousseff no SBT. O próprio apresentador estaria negociando com a equipe da principal líder política do país. No entanto, um nome de seu próprio canal estaria atrapalhando nas negociações: Danilo Gentili. O staff da presidente estaria desconfortável em aceitar gravar para a emissora de Silvio e depois virar piada do comediante. A força presente de Danilo na internet também estaria colocando uma pulga atrás da orelha de Dilma. Mesmo até que Silvio proibisse Gentili de falar algo na TV, ele teria o amplo mundo das redes sociais e mais de onze milhões de fãs para reverberar sua fala.

Publicidade
Publicidade

A ideia de Silvio é fazer o mesmo que aconteceu com o bispo da Igreja Universal e dono da  TV Record, Edir Macedo, uma entrevista que sirva como homenagem à Dilma, mas que também fale de pontos polêmicos para não parecer "chapa-branca". Quem faria o trabalho jornalístico mais uma vez seria o experiente repórter Roberto Cabrini. Ele, por sua vez, se interessou mais uma vez na pauta mandada por Silvio por achar que a conversa teria um peso significativo e também mostraria uma outra vertente de Rousseff, abalada pelas pesquisas de aprovação de seu #Governo e também por números que não param de subir como o de desemprego e o da inflação. 

Silvio Santos e o SBT não confirmam nem desmentem essa tentativa de fazer um programa com Dilma, mas no último domingo, 05, o apresentador usou seu programa para dar um puxão de orelha em Danilo Gentili e Rachel Sheherazede.

Publicidade

Segundo o comunicador, o SBT não era palco para se falar e reclamar dos problemas referentes ao governo. Silvio disse que o dever de Danilo e Rachel é levar diversão aos telespectadores. É preciso lembrar que em 1989 o próprio apresentador chegou a se candidatar à presidência do Brasil. No entanto, acabou desistindo do feito e quem venceu aquele pleito foi Fernando Collor de Mello, que depois acabaria sofrendo o processo de impeachment e deixando o governo. #Televisão #PT