A presidente Dilma Rousseff vive uma situação complicada em seu #Governo. Ela teve que desmarcar uma entrevista com a jornalista Mariana Godoy. O conteúdo seria exibido nesta sexta-feira, 24, na RedeTV!. De acordo com informações da assessoria de comunicação do palácio do planalto, uma nova data será agendada. A conversa foi adiada por conta do momento político e também por problemas pessoais da presidente. Uma fonte ligada ao ex presidente, Luis Inácio Lula da Silva, nos confirmou que ele teria conversado com Dilma por telefone. Lula pediu à Dilma que evitasse dar qualquer entrevista até sair o relatório final do TCU, que analisa as contas do governo.

Publicidade
Publicidade

O temor é que a apuração do Tribunal de Contas possa causar algum prejuízo à imagem de Dilma, que já tem desaprovação recorde. 

Segundo a Folha de São Paulo, Lula ainda estaria tentando ajudar Dilma nos bastidores. Ele teria autorizado amigos a negociarem com o ex presidente, Fernando Henrique Cardoso. Lula quer discutir a crise política com FHC, antigo rival político. Os dois tentariam assim conter as pressões de impeachment contra Rousseff. A equipe de Luis Inácio estaria negociando o encontro há duas semanas, mas FHC só teria aceitado falar com o ex-presidente em sua volta ao Brasil. Cardoso está passando férias na Europa.

De acordo com informações da Folha de São Paulo, Lula teria tentado também falar com Fernando Henrique por telefone, mas FHC teria dito que era melhor esperar e ter um encontro oficial.

Publicidade

Lula está realmente estreitando os laços com a oposição. Em maio, o ex-operário se reuniu com o senador José Serra do PSDB de São Paulo. O objetivo do amigo de Dilma é acabar com qualquer força que possa atrapalhar a presidente da república, venha de onde vier.

No entanto, a assessoria de Lula nega que ele quira conversa com Fernando Henrique Cardoso. FHC, por sua vez, se disse disposto a conversar com Lula e contribuir para o processo democrático. Fernando Henrique quer que o encontro tenha uma agenda clara e sirva para ajudar a população brasileira. #Televisão #Dilma Rousseff