O doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, declararam na última terça-feira, 25 de agosto, que o Senador Aécio Neves do PSDB de MG também recebeu propina.

O ex-presidente do partido tucano, Sérgio Guerra, também teria sido beneficiado segundo os delatores da Operação #Lava Jato, maior operação contra corrupção já vista no país.

Nesta terça-feira aconteceu a acareação na CPI da Petrobras na Câmara. Segundo o portal UOL, Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef declararam que Sérgio Guerra teria recebido cerca de R$ 10 milhões para ficar quieto e não abrir uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) no Congresso no ano de 2009.

Publicidade
Publicidade

Na época, já se apontavam irregularidades na estatal brasileira Petrobras. Segundo os delatores, a empreiteira Camargo Corrêa foi a responsável pelo pagamento da propina ao tucano.

O ex-diretor da Petrobras, Costa, disse que o dinheiro foi enviado ao líder tucano. Mas Sérgio Guerra já está morto, ele faleceu em março de 2014. Ele sofria de câncer de pulmão e morreu aos 66 anos no Hospital Sírio-Libanês.

Durante a CPI, o deputado Jorge Sola do PT da Bahia, perguntou se Aécio Neves recebeu dinheiro de #Corrupção de Furnas. Youssef disse que confirmava que o tucano havia recebido, por conta do que ouvia do ex-deputado José Janene, morto em 2010.

Parece que os políticos já mortos sabiam de muita coisa. Mas as provas contra Aécio não são concretas. O delator afirma apenas que ouviu. O PSDB enviou nota afirmando que as acusações são improcedentes.

Publicidade

Lula e Dilma sabiam da corrupção

Ao que tudo indica, a guerra declarada entre deputados petistas e tucanos não tem data para acabar. O clima esquentou na CPI na Câmara.

Sobre o PT, o doleiro Youssef afirmou que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, ambos do PT, sabiam do esquema de corrupção da Petrobras. Lula e Dilma tinham conhecimento de todos os desvios feitos na Petrobras.

Leia mais: 

TSE vota para reabrir ação que pede a cassação de Dilma

Dilma diz que errou ao não perceber gravidade da crise #Governo