O apresentador e comediante Danilo Gentili é conhecido por ser um crítico ferrenho ao governo de Dilma Rousseff. Um anti-petista convicto, Gentili usa sua atração no SBT para fazer crítica à presidente da república e ao Partido dos Trabalhadores. No entanto, ele pode ter que pagar caro por uma declaração. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, através do Instituto #Lula, decidiu entrar com um processo na justiça contra Danilo. O objetivo da entidade é fazer Gentili explicar um comentário feito em seu twitter. No site do Instituto, um comunicado confirma a ação. De acordo com o órgão, a entidade decidiu entrar com uma "interpelação judicial".

Publicidade
Publicidade

Por enquanto, o Instituto Lula quer que Danilo, chamado de acusado no texto, se explique a respeito do que postou em sua rede social.

Instituto quer que humorista prove o que disse ou peça desculpas 

Danilo Gentili, caso não se pronuncie, pode até ser acusado por calúnia e difamação. O comediante teria dito no microblog de 140 caracteres que o atentado à bomba ao Instituto Lula seria forjado. O incidente aconteceu no fim de julho e foi muito repudiado pelo ex-presidente. Além disso, Danilo ainda teria dito que muitos amigos seus lamentaram que a tal bomba não tenha explodido perto do ex-presidente Lula. Ainda no comunicado do Instituto, a entidade disse que espera que Gentili consiga provar tudo o que disse ou então fazer um pedido público de desculpas.

Seis perguntas a serem respondidas

O mais curioso é que no site do Instituto ligado ao ex-presidente da república é pedido que Danilo responsa a seis perguntas.

Publicidade

Eles querem saber se a conta no Twitter é realmente do humorista, se o tal comentário foi feito realmente pelo comediante do SBT, além de ter certeza se Gentili realmente tem elementos que provem que o evento teria sido forjado. O instituto pede que o apresentador mostre esses elementos a justiça e ainda dá a opção dele pedir desculpas pelo "erro". O comunicado, no entanto, não informou se Danilo Gentili já teria sido notificado do processo judicial.  #Televisão