"Qual será a solução para o Brasil?". É esta a pergunta que todos estão se fazendo, pois o país parece mergulhar cada vez mais em uma crise que não tem fim. No início do ano, achava-se que era uma crise passageira e que dentro de alguns meses tudo voltaria ao normal, mas já iniciou o segundo semestre e a crise vem só se agravando.

Até a presidente Dilma já anunciou que a crise não vai acabar tão cedo e que os brasileiros podem ir se preparando porque 2016 será uma no difícil. Se a presidente chegou a dizer que o próximo ano será difícil, é porque as coisas estão complicadas mesmo.

Quem, então, poderia ajudar o Brasil a sair desta crise? Para o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva (PT), a solução é ele mesmo.

Publicidade
Publicidade

O ex-presidente do Brasil anunciou nesta terça-feira (28) que está pronto para assumir o comando do país novamente e que, se for preciso, vai disputar a presidência da República em 2018.

Desde que deixou a presidência, esta foi a primeira vez que Lula apareceu em público para falar sobre uma possível candidatura. Ele não quis afirmar que já é candidato a presidente em 2018, mas disse também que não pode dizer que não é, pois existe uma grande possibilidade dele se candidatar e mandou um recado direto para a oposição, dizendo para eles não pensarem que a presidência está nas próximas #Eleições, porque, se for necessário, ele se candidata novamente a presidente do Brasil.

A declaração de Lula foi dada à rádio Itatiaia, na cidade de Montes Claros, Minas Gerais. A notícia logo repercutiu em todos os setores e em Brasília, principalmente, não se falar em outra coisa. E como sempre acontece, o assunto foi comentado também nas redes sociais.

Publicidade

No Twitter, os usuários comentaram sobre a declaração dada por Lula, com muita gente contra a volta do ex-presidente, mas também havia quem o defendesse.

Imediatamente, a hashtag "#LulaNuncaMais" ficou entre os assuntos mais comentados e as opiniões eram as mais diversas possíveis. A oposição também foi surpreendida pelo declaração, que serviu mais como um início de campanha à presidência, pois, deixando claro que estaria disposto a se candidatar à presidência em 2018, Lula está, na verdade, fazendo uma pesquisa, onde seus assessores poderão avaliar suas reais possibilidades de vencer a eleição.

Lula ainda disse que não acredita em um impeachment da presidente Dilma e que as dificuldades que o país atravessa agora serão superadas assim que a economia começar a dar sinais de recuperação. #Governo