Nesta quinta-feira, 06, o Instituto Datafolha divulgou a pesquisa mensal de aprovação do #Governo. A presidente Dilma Rousseff tem os piores índices desde que a pesquisa existe. Os dados são monitorados desde 1990 e Dilma tem mais rejeição que Collor, que acabou saindo do governo após uma renúncia em meio a um processo de impeachment. O Partido dos Trabalhadores, PT, vai tentar usar seu programa eleitoral desta noite para tentar reverter o jogo. O objetivo da legenda é passar confiança para os brasileiros. Dilma fará um pronunciamento, no qual vai dizer que a crise já está sendo contornada. Ela terá como garoto propaganda um dos atores mais consagrados da #Televisão brasileira, José de Abreu.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações da jornalista Keila Jimenez em reportagem publicada também nesta quinta, a Rede Globo de Televisão liberou José de Abreu para participar do programa partidário do PT, mas estaria com medo de um boicote sem precedentes. Não é a primeira vez que artistas se unem a políticos. Um dos momentos mais lembrados das propagandas eleitorais foi quando Regina Duarte disse que tinha "medo" caso Lula fosse eleito. O ex-operário acabou perdendo a eleição para Fernando Henrique Cardoso.

Ainda segundo Keila Jimenez, a Globo teria deixado José de Abreu aparecer no programa do PT com uma única condição. A emissora quer que quando 'A Regra do Jogo' comece (o folhetim terá seu primeiro capítulo exibido no dia 31 de agosto), o ator não participe mais dessas campanhas políticas.

Publicidade

Os pronunciamentos de Dilma e do PT estão virando palco frequente para manifestações em diversas cidades do Brasil. Os eleitores, descontentes com o governo de Dilma, fazem panelaços para mostrar o quão frustrados estão com a reeleição de Rousseff.

Durante todo o dia, José de Abreu está sendo alvo de ataques através das redes sociais. Os internautas dizem, dentre outras coisas, que ele "foi vendido", e lembram que a TV Globo teria apoiado os governos ditatoriais no Brasil. Segundo a legislação eleitoral, artistas só podem fazer propaganda estando no ar, desde que seja fora do período eleitoral.  #Dilma Rousseff