Romário, ex-jogador da seleção brasileira de futebol e atual senador pelo PSB do Rio de Janeiro, acordou hoje aliviado. Há dias ele vinha desafiando a maior revista semanal do país, a Veja, a provar as informações publicadas em reportagem que davam conta de que ele tinha uma conta no banco suíço BSI onde mantinha R$ 7,5 milhões. Nesta quinta-feira, 6, logo cedo, a Veja emitiu uma nota reconhecendo o erro e pedindo desculpas.

Na noite desta quarta-feira, 5, Romário havia publicado parte de um documento que lhe foi enviado pela instituição bancária suíça desmentindo a Veja. O BSI nega veementemente que o nome do senador esteja ligado a uma conta em suas dependências.

Publicidade
Publicidade

"Diante dessas provas, enterramos, definitivamente, qualquer mentira sobre o assunto. Os falsificadores, mentirosos e caluniadores responderão à justiça brasileira e suíça", prometeu.

Entenda a polêmica Veja X Romário

"Nós estabelecemos como certo que este extrato bancário é falso e que o Sr. Romário de Souza Faria não é o titular desta conta em nosso banco na Suíça". Com esta frase, pinçada pela Veja em sua nota de pedido de desculpas, o banco suíço BSI dissipou qualquer dúvida que pairasse em torno da defesa de Romário. Há 12 dias o senador vinha cobrando um posicionamento da revista que ilustrou uma reportagem assinada pelos repórteres Leslie Leitão e Thiago Prado com um suposto extrato de conta.

Com a manchete 'O mar não está para peixe' seguida de uma linha de apoio dura ("Uma conta milionária em um banco suíço não declarada à Receita Federal tisna o discurso moralista do senador Romário e pode dar alegria a seus vários credores"), algo usual em suas reportagens investigativas, a Veja publicou no dia 25 de julho a reportagem que veio se tornar o epicentro da polêmica - uma briga acompanhada de perto por milhões de internautas nas redes sociais.

Publicidade

Ao admitir o erro, a Veja põe fim às dúvidas em torno da reputação do senador, mas não acaba com a polêmica. Além de Romário garantir que não deixará o episódio impune, a revista agora enfrenta as críticas dos internautas e vê sua credibilidade manchada diante de um dos políticos mais carismáticos e conhecidos do país. #Famosos