O IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), órgão ligado ao governo federal, divulgou um estudo nesta terça-feira, dia 27, afirmando que as operações desenvolvidas pela Polícia Federal, na operação Lava Jato, por determinação da Justiça Federal, contribuíram para o crescimento dos altos índices de #Desemprego no Brasil. Isto foi o que afirmou o presidente do Instituto, André Calixtre, em um evento no Rio de Janeiro, para a divulgação dos boletins do IPEA sobre o mercado de trabalho.

As informações divulgadas pelo diretor do IPEA, dão conta de que a redução das vagas de trabalho, ofertadas nos últimos seis meses deste ano, atingiram um percentual em torno de 8,1%.

Publicidade
Publicidade

Quando comparado com o mesmo período do ano passado, este valor era de 7%. 

A justificativa de Calixtre é de que houve uma quebra no elo de produção de petróleo e gás, com o desenrolar das fases da operação. Isto também se refletiu na construção civil, cujo setor sofreu uma redução no seu nível de emprego de cerca de 6%. As empresas, alvos das investigações, além de atuarem no setor de energia, são responsáveis por grandes obras, que movimentam a área da construção civil no Brasil.

As empresas citadas pela Lava Jato estão impedidas de participar de licitações e de obter linhas de crédito operacionais. Deste modo, não podem ser contratadas para a realização de grandes obras. Sem dinheiro para arcar com a folha de pagamento dos funcionários, são obrigadas a efetuar cortes de pessoal em massa.

Publicidade

O IPEA, embora não saiba precisar de quanto foi o impacto da operação deflagrada pela Justiça, admite que o impacto social da mesma foi muito pesado para a sociedade em geral, mesmo que os objetivos da Lava Jato não tivessem como alvo o aspecto econômico.

Os efeitos das investigações realizadas e as fases da operação acarretaram um impacto direto sobre a própria Petrobras. As informações divulgadas pela Secretaria de Política Econômica, um dos setores do ministério da Fazenda, demonstraram que houve uma redução de dois pontos, em termos percentuais, do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). O ministério associa esta redução à diminuição do volume de investimentos pela empresa. A previsão do órgão ainda é de que esta redução, será algo em torno de  2,44%. Entretanto, alguns economistas dissidentes do governo apontam para uma redução na faixa dos 3,02 do PIB, ainda para este ano.

No mesmo evento, Fernando Calixtre afirmou que se não fossem as denúncias de #Corrupção, com toda certeza, a operação Lava Jato não teria acontecido. Deste modo, o impacto sobre a taxa de desemprego não estaria acontecendo.