Randolph Frederich Rodrigues Alves, mais conhecido como Randolfe Rodrigues, nasceu em Garanhuns-PE no dia 06 de novembro de 1972, exerceu dois mandatos consecutivos como Deputado Estadual do Amapá e desde fevereiro de 2011, o mesmo representa este Estado federativo no Senado Federal.

Após obter expressão nacional devido a sua habilidade política e coerência, o senador amapaense surpreende a sua antiga sigla partidária, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que por este motivo acabou indicado como pré-candidato à Presidência da República no pleito de 2014, porém o mesmo optou pela desistência e mesmo liderando na disputa ao Governo Estadual do Amapá, resolveu afirmar em entrevista o compromisso realizado em sua campanha eleitoral de 2010 na qual foi eleito, de cumprir integralmente o seu mandato.

Publicidade
Publicidade

Randolfe Rodrigues é o Senador da República mais jovem do Brasil e destacou-se ainda mais por ter sido o parlamentar que em menos de dois anos da sua gestão legislativa, articulou o montante de R$ 639 milhões, valor este acima do habitual angariado pelos demais.

Em 2013, o jovem senador disputou a Presidência do Senado Federal, conquistou apoio dos "colegas parlamentares independentes" como por exemplo o de Cristóvam Buarque (PDT-DF), porém Renan Calheiros (PMDB-AL) saiu-se vitorioso na disputa.

A imprensa nacional destacou nos anos de 2013 e 2014, a meteórica ascensão do senador perante o atual cenário político e elogiou a sua postura argumentativa nas atribuições firmadas em Plenário em questões polêmicas envolvendo projetos imprescindíveis ao direito dos Estudantes e também da classe trabalhista nacional.

Publicidade

Em relação a sua posição sobre o financiamento de campanha, o mesmo defendeu o Financiamento público nas campanhas eleitorais e por diversas vezes reafirmou repúdio ao atual modelo de doação por parte das empresas privadas aos políticos.

Alegando atritos com o PSOL e mostrando-se otimista as propostas do novo partido "liderado" pela ex-Ministra do Meio Ambiente #Marina Silva, a "Rede Sustentabilidade", o mesmo filiou-se a este último no dia 29 de setembro deste ano e marcou o ato de sua filiação com a frase repercutida nas redes sociais de que a nova legenda mescla vários setores da sociedade civil e o Estatuto partidário da mesma preza pela democracia, além do diálogo aberto na tentativa de solucionar os mais antigos problemas sociais, dando "espaço" a lógica de que o diferente soma-se e nunca podendo subtrair as lideranças pois estas pensam melhor se unidas. #Congresso Nacional