Quase um ano se passou do início do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT) e as especulações sobre a próxima eleição presidencial já começam a pipocar. Segundo pesquisa do instituto Datafolha, em um possível segundo turno entre o senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente #Lula (#PT), o tucano seria eleito com 51% dos votos contra 32% do petista.

A pesquisa foi realizada com 3.541 entrevistados, em 185 municípios, entre os dias 25 e 26 de novembro. A margem de erro, segundo o instituto, é de dois pontos percentuais.

O primeiro turno foi simulado de duas maneiras: no primeiro cenário, Aécio é o candidato do PSDB, no segundo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, representa os tucanos.

Publicidade
Publicidade

Lula pelo PT e Marina Silva pela Rede estão em ambos os casos.

As intenções de voto para o primeiro cenário cogitado na pesquisa deram as seguintes:

#Aécio Neves 31%

Lula 22%

Marina 21%

Outros 7%

Não sabem 4%

Nenhum 15%

Já no segundo cenário*, substituindo Aécio por Alckmin, os resultados foram:

Marina 28%

Lula 22%

Alckmin 18%

Outros 9%

Não sabem 6%

Nenhum 18%

*A soma pode dar mais de 100 devido a arredondamentos, segundo a pesquisa

Também foram feitas simulações para a disputa de segundo turno.

Cenário 1: Aécio 51% Lula 32%

Cenário2: Alckmin 45% Lula 34%

Cenário 3: Marina 52% Lula 31%

Cenário 4: Aécio 42% Marina 41%

Cenário 5: Marina 49% Alckmin 33%

Taxa de rejeição

Amado por uns e odiado por outros, essa pode ser a definição que mais cabe ao ex-presidente Lula no cenário político atual.

Publicidade

Durante muito tempo, colocado em um pedestal não apenas no Brasil, como por muitas personalidades políticas e imprensa internacional, parece que o prestígio do ex-presidente esta se esvaindo, pelo menos segundo a pesquisa Datafolha.

De todos os nomes sugeridos como opção, Lula foi o que teve a maior taxa de rejeição. 47% afirmaram que não votariam de forma alguma no petista. O tucano Aécio ficou em segundo, com 24%. O vice-presidente, Michel Temer (PMDB), com 22%. Marina e Alckmin foram os que tiveram menor rejeição entre os principais nomes da pesquisa: 17% para ambos.

A crise política e econômica que o Brasil vive no governo da “pupila” de Lula também está manchando a imagem dos dois mandatos do ex-presidente, segundo a pesquisa.

Ao sair da presidência em dezembro de 2010, Lula gozava de máximo prestígio. Naquele momento, 71% dos brasileiros consideravam o petista como o melhor presidente que o Brasil já teve. Na pesquisa mais recente, esse número caiu para 39%. Vale ressaltar que, mesmo com todas as controvérsias envolvendo o PT, e que respingam em Lula, o ex-presidente segue tendo a melhor taxa de avaliação entre todos os ex-governantes do Brasil.