Diante da crise política e econômica que o Brasil vem enfrentando, uma notícia caiu como uma bomba no meio político. Segundo informações do site Diário do Brasil, Bolsonaro e Raquel Sheherazade seriam possíveis candidatos para concorrer nas #Eleições para eleger o novo(a) presidente do Brasil em 2018.

Em meio a um processo de impeachment e escândalos envolvendo corrupção no governo atual, os dois nomes são bem aceitos, de acordo com uma pesquisa realizada entre 01 de dezembro a 08 de dezembro de 2015, e registrada sobre o protocolo nº BR-01185/2015. em 147 municípios e um total de mais de 2000 eleitores.

A dupla lidera o ranking da pesquisa com 38,32% dos votos.

Publicidade
Publicidade

Em seguida vem Luís Inácio Lula da Silva com 23,16% da intenção dos votos. Em terceiro lugar, o candidato tucano Aécio Neves com 11,07%.

Um outro nome também citado na pesquisa é de Ciro Gomes. Ele aparece em quarto lugar com 8,93% da intenção dos votos. Marina Silva que na eleição passada ocupava segundo lugar das pesquisas, caiu para quinto lugar com 3,42% da intenção de votos.

Os indecisos somam 8,78% e os que não sabe ou não responderam 6,32%.

Analistas políticos afirmam que a dupla ganharia as eleições logo no primeiro turno. Fatos esse que leva a desespero a alta cúpula do PT e PSDB.

Ainda não foi definido um partido ao qual eles se filiariam, mas PT e PSDB estão totalmente descartados.

Jari Bolsonaro, cumpre o seu sexto mandato como deputado eleito pelo Partido Progressista.Ele ficou conhecido por defender a PEC 300, relacionada a volta da cobrança de CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras).

Publicidade

Raquel Sheherazade ficou conhecida nacionalmente depois de um vídeo ao qual ela fazia comentários sobre o carnaval, viralizou nas redes sociais. Depois disso, ela foi convidada por Sílvio Santos para compor a bancada do SBT Brasil, juntamente com Carlos Nascimento.

Famosa por seus comentários considerados “pesados”, a direção do SBT achou melhor restringir os mesmos durante o telejornal. Após isso, ela fez parte da bancada do Jornal da Manhã, da rede Jovem Pan, no qual se desligou ainda esse ano.

 E você, o que achou da dupla de candidatos? Comente. #Impeachment #Reforma política