A terça-feira (15) não fui ruim apenas para o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que viu sua residência ser alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal e depois ainda teve a continuidade de sua investigação confirmada em votação na Comissão de Ética. A presidente da República, #Dilma Rousseff, também tem motivos para se lamentar.

Uma nova pesquisa Ibope de avaliação do #Governo foi divulgada nesta terça. Os números indicam que 9% dos brasileiros acham o governo Dilma bom ou ótimo; 20% apenas regular; 70% ruim ou péssimo e 1% não sabe.

O levantamento do instituto de pesquisa foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e foi realizado entre os dias 4 e 7 de dezembro.

Publicidade
Publicidade

Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 143 municípios diferentes. A margem de erro é de dois pontos, tanto para mais como para menos.

Com relação à última pesquisa Ibope, divulgada ainda no mês de setembro, Dilma teve uma queda de um ponto em sua popularidade. Na ocasião, 10% dos entrevistados consideravam a gestão boa ou ótima; 69% ruim ou péssima e 21% regular.

O resultado da pesquisa vem justamente em um momento conturbado para Dilma Rousseff na presidência da República. No início do mês, Eduardo Cunha acatou o pedido de abertura do processo de impeachment da governante petista. No momento, o processo está provisoriamente suspenso pelo Superior Tribunal Federal (STF), que terá sessão amanhã que poderá definir o rito.

Ao mesmo tempo, Dilma ganhou um “alívio” das ruas no último domingo. Ainda que a maioria das capitais brasileiras tenha recebido protestos favoráveis ao impeachment, a adesão do público foi bem menor com relação às manifestações antigas.

Publicidade

#PT