O novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, ao tomar posse no cargo nesta terça-feira (22), declarou que a reforma da Previdência Social no Brasil será a prioridade do #Governo no ano de 2016. Deste modo, o ministro ressaltou trabalhar junto ao Congresso Nacional pela aprovação das mudanças que deverão trazer alterações para a concessão de aposentadorias no Brasil.

A situação atual da Previdência no Brasil e a necessidade da reforma para a manutenção do sistema

O ministro analisou a situação do sistema previdenciário com crítica e defendeu que o mesmo necessita de reformas urgentes. Elas são relevantes para que possam garantir o funcionamento e a sustentabilidade do mesmo para gerações futuras.

Publicidade
Publicidade

Valdir Simão afirmou que é preciso criar mecanismos que possam adiar a aposentadoria muito frequente dos trabalhadores brasileiros. O governo vai estudar formas que usem a idade como fator limitante ou o tempo de contribuição. Não é descartada também que se faça a associação entre estes dois parâmetros para se chegar a um denominador comum na concessão de novas aposentadorias.

O panorama demográfico brasileiro contribui para apressar as reformas na Previdência

O ministro do Planejamento citou as atuais mudanças por que passa  a situação demográfica no Brasil. Simão explicou que  a população brasileira está atingindo expectativas de vida maiores. Além disto, a taxa de natalidade vem caindo no país. Deste modo, a pirâmide social brasileira vem mudando e é preciso que se faça adaptações a esta mudança.

Publicidade

Com o aumento do tempo de vida do povo brasileiro e a tendência a diminuir o número de nascimentos, teremos uma redução da população economicamente ativa. Maior será o número de pessoas a solicitarem a aposentadoria no futuro. Com trabalhadores menos ativos, menores serão as contribuições para o sistema previdenciário, que poderá entrar em colapso, pois não terá dinheiro suficiente para o pagamento dos benefícios a todos os seus segurados. 

As mudanças no sistema de Previdência Pública no Brasil constituem um assunto muito complexo e muito difícil de discussão. Isto porque é um tema que afeta a todos, indistintamente, em alguma fase da vida. Valdir Simão ressalta a importância da participação de toda a sociedade. É preciso que todos estejam conscientes que as alterações são necessárias a fim de que se possa usufruir do sistema por muito tempo ainda. O Ministro confirma a sua expectativa de que o Congresso aprove a reforma já no ano que vem.  #PT #Finança